Nikkei Chronicles #6 — Itadakimasu 2!: Another Taste of Nikkei Culture

How does the food you eat express your identity? How does food help to connect your community and bring people together? What kinds of recipes have been passed down from generation to generation in your family? Itadakimasu 2! Another Taste of Nikkei Culture revisited the role of food in Nikkei culture.

For this series, we asked our Nima-kai community to vote for their favorite stories and an editorial committee to pick their favorites. In total, four favorite stories were selected.

Here are the selected favorite stories.

  Editorial Committee’s Selections:

  Nima-kai selection:

To learn more about this writing project >>


Check out these other Nikkei Chronicles series:

#1: ITADAKIMASU! A Taste of Nikkei Culture 
#2: Nikkei+ ~ Stories of Mixed Language, Traditions, Generations & Race ~ 
#3: Nikkei Names: Taro, John, Juan, João? 
#4: Nikkei Family: Memories, Traditions, and Values 
#5: Nikkei-go: The Language of Family, Community, and Culture 
#7: Nikkei Roots: Digging into Our Cultural Heritage

food pt

Sopa de couve

Quando Geró foi contratada para cozinhar para a minha família não fazia idéia da revolução que iria  causar nas nossas vidas. Mineira, cozinheira de “mão cheia” (como ela mesma se apresentou), chegou com planos de agradar a todos com suas receitas maravilhosas. Deparou-se com minha mãe, que era quase despudorada quando o assunto era determinar  cardápios.

A situação merece um breve histórico.

Éramos nove, então. Pai, mãe, seis filhas e um ajudante bem forte. Mais do que uma família, formávamos uma equipe de trabalho de um pequeno ...

Read more

food pt

Paladar

Mesmo ainda muito criança, cheguei fácil a essa conclusão: a casa dos meus avós maternos era tão diferente das outras que eu conhecia – até então – que, quando eu estava nela, era como se eu estivesse num outro plano.

E os motivos para essa impressão eram vários:

Os adultos – meus avós, meus pais e meus tios – só falavam entre eles em japonês. Os jornais e livros do meu ditchan eram todos escritos em japonês. Os musicais que minha batchan assistia também, japoneses. Os enfeites espalhados pela casa – vasos, quadros ...

Read more

food es

Oba Haruko, lo maximo

Esta historia empezó cuando mi esposa y yo nos casamos, eran tiempos difíciles en el Perú, la mayoría seguía yendo a trabajar a Japón. Parecía que nos íbamos a quedar sin nikkei en el país. Yo tenía un negocio de ropa en el centro de la ciudad. La mamá de mi esposa nos ofreció su casa hasta poder establecernos bien, al final nos quedamos muchos años más. Mi esposa era la última de diez hijos, la única mujer. Parece ser que mis suegros estuvieron esperando a que llegara ella, quien se ...

Read more

food pt

Gohan com arroz

Por ter nascido e crescido no Brasil e por ter pais que sempre cultivaram a cultura de seus antepassados, só fui perceber que a culinária brasileira e a culinária japonesa eram distintas quando eu tinha mais ou menos sete anos de idade.

Nessa época um amigo meu, que não é nikkei, disse o seguinte sobre o nosso colega que, como eu, era um dos únicos nikkeis da cidade de Matão, interior de São Paulo:

“Cara, você não vai acreditar: ontem eu almocei na casa do Takeda e a mãe dele serviu arroz sem sal ...

Read more

food es

Chawaki y butsudan

Formo parte de una familia nikkei de Okinawa y soy sansei o de tercera generación. Vivo en el Perú y todos los recuerdos familiares giran alrededor de la comida, ¿será que todas las familias okinawenses son iguales?

Cada vez que uno visitaba a la obá, ella se encargaba de servirte, hasta de darte en la boca si no comías. Era tal la inclusión que el mismo trato recibía un amigo no nikkei, si tu lo llevabas. La obá improvisaba muchas veces, hacía tempura de lo que encontraba: alguna verdura, plátano, berenjenas, vainita, zanahoria, cebollita ...

Read more