Crônicas Nikkeis #6 — Itadakimasu 2! Um Novo Gostinho da Cultura Nikkei

Como a comida que você come expressa a sua identidade? Como a culinária ajuda a criar laços na sua comunidade e a unir pessoas? Que tipos de receitas foram passadas de geração à geração na sua família? Itadakimasu 2! Um Novo Gostinho da Cultura Nikkei revisitou o papel da culinária na cultura nikkei.

Nesta série, pedimos à nossa comunidade Nima-kai para votar nas suas histórias favoritas e ao nosso Comitê Editorial para escolher as suas favoritas. No total, cinco histórias favoritas foram selecionadas.

Aqui estão as histórias favoritas selecionadas.

  Editorial Committee’s Selections:

  Escolha do Nima-kai:

Para maiores informações sobre este projeto literário >>

Confira estas outras séries de Crônicas Nikkeis:

#1: ITADAKIMASU! Um Gostinho da Cultura Nikkei 
#2: Nikkei+ ~Histórias sobre Idiomas, Tradições, Gerações & Raças Miscigenadas~ 
#3: Nomes Nikkeis: Taro, John, Juan, João? 
#4: Família Nikkei: Memórias, Tradições e Valores  
#5: Nikkei-go: O Idioma da Família, Comunidade e Cultura  
#7: Raízes Nikkeis: Mergulhando no Nosso Patrimônio Cultural

food en ja es pt

Um legado precioso ... e delicioso

A vida da D. Aiko, uma “obatiam” simpática e hiperativa que, até hoje, aos 96 anos, dá uma lição de disposição e alegria de viver, serviria muito bem de inspiração para um livro. Ela foi até tema de uma pequena reportagem neste jornal, no mês de julho passado, além de já ter sido entrevistada pela televisão japonesa NHK, pelo jornal francês Le Monde e citada em algumas publicações.

Vivendo no Brasil há 90 anos e mais de 60 anos na capital de São Paulo, D. Aiko tem outras qualidades que ...

continue a ler

food en ja es pt

Aconteceu no Restaurante Misuzu. Honto Ni*!

A Rua Américo de Campos é uma via curta e estreita que tem seu início no Largo da Pólvora, cruza a rua Galvão Bueno e, na esquina com a rua da Glória, desemboca justo na Praça Almeida Junior. Eu sou capaz de cumprir o seu trajeto de olhos fechados. Ou pelo menos era. No número... 154? Ficava o Misuzu, um restaurante japonês sui generis.

Este restaurante diferenciava-se dos demais do bairro oriental pelo fato de abrir sua única, pequena e estreita porta com cortinas azuis decoradas com ideogramas brancos, de onde pendia uma ...

continue a ler

food en ja es pt

Épocas difíceis para a mamãe, boas lembranças para mim

“Come tudo, mottainai jogar fora”. Apesar de terem passado dois anos, ainda sinto falta da minha mãe. “Se acabar oajinomoto, bota shoyu (molho de soja) com açúcar”. Quantas das suas dicas ainda estão na minha memória! “Se você cozinhar fazendo tanchi, a comida vai sair ruim”. A minha mãe sempre tinha razão. A comida tem que serpreparada com amor, sem fazer tanchi (“sem ser algo desagradável”).

Assim como a minha avó (oba), a minha mãe não demonstrava abertamente o seu carinho. As duas se tornaram viúvas com filhos pequenos ...

continue a ler

food pt

Gohan com arroz

Por ter nascido e crescido no Brasil e por ter pais que sempre cultivaram a cultura de seus antepassados, só fui perceber que a culinária brasileira e a culinária japonesa eram distintas quando eu tinha mais ou menos sete anos de idade.

Nessa época um amigo meu, que não é nikkei, disse o seguinte sobre o nosso colega que, como eu, era um dos únicos nikkeis da cidade de Matão, interior de São Paulo:

“Cara, você não vai acreditar: ontem eu almocei na casa do Takeda e a mãe dele serviu arroz sem sal ...

continue a ler

community en ja es pt

Suzano se orgulha por ser o berço do Yakisoba – Pastifício Hirotani e Bunkyo juntos na divulgação pelo Brasil

O Yakisoba partiu da “koronia”¹ para o Brasil todo e hoje é grandemente apreciado pelos brasileiros. Mas se for comparar o Yakisoba dos dois países, por que no Japão o mais consumido é o Sauce Yakisoba (macarrão soba frito), enquanto no Brasil é aquela porção generosa de carne e legumes com denso molho por cima? Esse enigma era tão difícil de elucidar como se fosse uma das “Sete Maravilhas da Colônia”. No entanto, por trás disso estavam o Pastifício Hirotani Seimei de Suzano em estreita colaboração com a Associação das Senhoras do ...

continue a ler