Crônicas Nikkeis #6 — Itadakimasu 2! Um Novo Gostinho da Cultura Nikkei

Como a comida que você come expressa a sua identidade? Como a culinária ajuda a criar laços na sua comunidade e a unir pessoas? Que tipos de receitas foram passadas de geração à geração na sua família? Itadakimasu 2! Um Novo Gostinho da Cultura Nikkei revisitou o papel da culinária na cultura nikkei.

Nesta série, pedimos à nossa comunidade Nima-kai para votar nas suas histórias favoritas e ao nosso Comitê Editorial para escolher as suas favoritas. No total, cinco histórias favoritas foram selecionadas.

Aqui estão as histórias favoritas selecionadas.

  Editorial Committee’s Selections:

  Escolha do Nima-kai:

Para maiores informações sobre este projeto literário >>


Confira estas outras séries de Crônicas Nikkeis >>

food en ja es pt

Sem tempo para ITADAKIMASU!

O que é isso? Nunca ouvi falar disso enquanto cresci no Canadá do pós-guerra. Escolas de língua japonesa não existiam em Greenwood. A única palavra semelhante a isso era “Itai!” ou “Itai-na!”, quando um irmão ou irmã mais velha estavam empurrando você para o lado, para pegar o melhor assento na mesa da cozinha. Além disso, todos nós queríamos ser mais “canadenses”, que é a cultura anglo-canadense. Na Escola Sacred Heart, nós, crianças, aprendemos a cantar “Irish Eyes are Smiling” ou “Loch Lomond”. Embora a comida fosse branda em comparação com a ...

continue a ler

food pt

A influência da culinária japonesa no Brasil – ontem, hoje e amanhã

Os imigrantes japoneses vieram para o Brasil no século passado para trabalhar nas lavouras de café com o sonho de enriquecer e depois voltar para o Japão. Diante das dificuldades encontradas e, percebendo que não seria possível concretizar este sonho, iniciaram o processo de integração com os brasileiros (gaijin).

Aos poucos foram se adaptando aos costumes, culinária, crenças religiosas e estilo de vida do povo daqui. Mas no convívio familiar preservavam a sua cultura, principalmente quando as gerações mais novas conviviam com pessoas idosas preocupadas em repassar valores, costumes, idioma e ...

continue a ler

food en ja es pt

Sukiyaki de Matsutake

Em Seattle, a temporada de caça aos cogumelos da minha família começava com debates em torno da grande mesa do café da manhã que ficava num amplo recanto rodeado de janelas lá em casa, onde a família fazia todas as refeições do dia-a-dia. À volta da mesa de jantar, eram analisados meticulosamente os rumores sobre amigos e conhecidos vistos em vários locais onde se encontram os cogumelos matsutake – nas Montanhas Cascade, na Península Olímpica e na área da cidade de Shelton [todas localizadas no estado de Washington, no noroeste dos E.U.A ...

continue a ler

food en

Natto: A Love Story

I love natto. But it wasn’t always that way. My mom gave me my first taste when I was around seven or eight years old and it didn’t go well. I gagged and begged her for a cup of water to wash the bitter taste out of my mouth. “It’s good for you,” she said, but I swore right then that not a single, slimy, smelly bean would ever touch my lips again.

Growing up, I put it on the same list with things like tamago gohan and tazukuri—weird foods that my parents and grandparents ate ...

continue a ler

food en

Yes, It Matters: Nisei Cuisine and Japanese American Identity

I have, for years, advocated the celebration and codification of a uniquely Japanese American culture of eating that I have come to refer to as “Nisei cuisine.” Nisei cuisine is the uniquely American food that developed as the “second generation” (first to be born in the USA) of Japanese Americans, generally considered to be those born between 1915 and 1940, came of age and, post-internment, moved throughout the United States, taking part in the development of the great post-war American middle-class.

The foundation of this cuisine are the taste elements the Issei, the first generation of Japanese immigrants, brought from ...

continue a ler