Visitando a família no Japão (Inglês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Inglês) Ao final do meu mandato, que foi o outono de 1947. Durante essa época, pude visitar meus parentes em Fukuoka. Voei para lá em transporte militar e visitei pela primeira vez, eu acho que o lado da família do meu pai e, em seguida, visitei o lado da minha mãe. [Visitei] Minha avó, que devia ter cerca de 90 anos de idade e fiquei lá. Ainda me lembro de tomar banho em uma banheira de ofurô e estava localizada fora [da casa]. Eles aqueceram com madeira embaixo e aquela era a banheira. Era apenas um pedaço de metal. Eu não sabia como usar, então só pulei na água e quase queimou minhas costas e meu traseiro. Eu pulei para fora, estava tão quente! Ainda me lembro disso. Não teria como esquecer. De qualquer forma, fiquei lá por uma noite. Na manhã seguinte, eu queria ir até lá para ver a família da minha mãe, mas minha avó disse: "Não faça tal tolice. Só fique aqui! Esta é a sua casa!", ela disse. Ela não compreendia que eu estava apenas de visita. Fui visitar o lado da família da minha mãe, fiquei por uns dias e pela primeira vez, eu ouvi e aprendi sobre o meu tio, irmão mais novo da minha mãe, [aprendi] que ele tinha vindo atacar Pearl Harbor naquela frota. Na segunda visita, o ataque na ilha Wake, ele morreu na batalha lá.

Data: 29 de maio de 2006
Localização Geográfica: Havaí, Estados Unidos
Interviewer: Akemi Kikumura Yano
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum

family Japan ofuro

Heróis Nikkeis: Pioneiros, Modelos e Inspirações

O prazo para o envio de artigos até 30 de setembro.

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation