Lavando roupa para filipinos (Inglês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Inglês) Ela [minha mãe] se levantava de manhã cedo para lavar a roupa dos solteiros filipinos. Naquela época não tinha máquina de lavar; tudo tinha que ser batido, e toda aquela terra vermelha tinha que ser escovada com um sabão vermelho, que eles chamavam de “sabão vermelho”. Depois de escovar e de bater, ela levava a roupa toda para fora para fervê-la num caldeirão enorme em cima de uma fogueira. Era trabalho pesado, sabe, e ela estava grávida. Ela se levantava às 4:30 para lavar roupa, e tarde da noite ainda passava ferro. Nós tínhamos ... Ela só tinha um ferro aquecido com carvão para passar a roupa. Por isso, antes de tudo ela tinha que aquecer o carvão em um hibachi; em seguida, ela tinha que colocar o carvão no ferro ... Se [ela estivesse] no vilarejo da plantação, ela tinha que colocar o carvão ferro [sic] – quer dizer, colocar o carvão no ferro. Era muito pesado.

E nós tínhamos só um fio de eletricidade pendurado no teto. Só com aquela luzinha no teto, eu fazia o meu dever de casa à noite. Eu era a última a ir para a cama. Eu fazia companhia à minha mãe porque ela costumava passar a roupa no chão, em cima da tábua de passar roupa. Então, com aquela única luzinha, eu fazia o meu dever de casa da escola de inglês e da escola de japonês.

Data: 19 de fevereiro de 2004
Localização Geográfica: Havaí, Estados Unidos
Interviewer: Lisa Itagaki, Krissy Kim
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum.

family laundry plantation

Heróis Nikkeis: Pioneiros, Modelos e Inspirações

O prazo para o envio de artigos até 30 de setembro.

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation