Primeiro dia na escola (Inglês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Inglês) No primeiro dia de escola, a minha mãe, que não conseguia entender ou falar inglês, deixou a roupa de lavar dela de lado para me levar à escola. Mas ela não sabia em que classe me inscrever. E mesmo se a professora dissesse algo, ela não consegueria entender. Finalmente, ela estava tão frustrada que me colocou numa classe – e nessa época eles só tinham banquinhos; banquinhos de madeira – e me fez sentar na frente da sala. Eu então fiquei sentada lá, com as crianças de outros grupos étnicos que também não sabiam falar inglês – garotos filipinos, sabe, todos eles. Eles falavam o idioma dos pais.

Então a gente ficou só se olhando. Aí, entrou uma senhora bem grande. Para mim, ela parecia um gigante porque eu só tinha 7 anos. Ela tinha cabelos grisalhos, crespos, e olhos azuis, e ela era tão branca. Aquela foi a primeira vez que eu vi uma pessoa branca na plantação porque nós vivíamos em acampamentos segregados. Quando ela se aproximou de mim – ela deve ter me perguntado: “Qual é o seu nome?” E como eu não entendia inglês, quando ela se curvou para falar comigo eu achei que ela ia me devorar. Eu berrei: "Obake! Obake!”. Eu berrei o mais alto possível e saí correndo para a frente da sala e me agarrei com um travesseiro que estava lá. Ela correu atrás de mim e tentou me abraçar. Quanto mais ela tentava me abraçar, mas eu gritava. E essa foi a minha orientação na escola americana.

Data: 19 de fevereiro de 2004
Localização Geográfica: Havaí, Estados Unidos
Interviewer: Lisa Itagaki, Krissy Kim
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum.

education plantation

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation