Crianças trabalhando duro (Inglês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Inglês) Eu acho que na geração da minha mãe, como na geração da sua avó, a ética confuciana ficou arraigada nelas desde quando jovens; é o que elas aprenderam na escola primária. E eu acho que foi o que [eu também aprendi] trabalhando com todas essas “noivas de foto”. Eu aprendi muito com elas porque foi o que me deu força para aguentar tudo, para perseverar.

E para a minha mãe, sozinha, deve ter sido muito difícil não apenas porque ela era lavadeira, mas também porque que ela estava determinada a fazer com que a gente cursasse pelo menos até o ginásio. Eu acho que a maioria da garotada – meus amigos – muitos deles cursaram só até o início do ginásio porque seus pais não tinham condições [de pagar pelo ensino e os garotos] tinham que trabalhar nas plantações. E o trabalho no campo ... Eles pagavam só – o meu irmão foi trabalhar no campo um dia depois de se formar no ginásio. Eles recebiam só uns 50 cents por dia por 10 horas de trabalho duro. No verão, eles recebiam 25 cents por dia – todas as crianças da escola. Ou seja, era duro para as crianças.

Data: 19 de fevereiro de 2004
Localização Geográfica: Havaí, Estados Unidos
Interviewer: Lisa Itagaki, Krissy Kim
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum.

education plantation sugar cane

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation