Constituição racial nos campos (Inglês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Inglês) Nós morávamos em acampamentos segregados. O nosso era japonês. Tinha um acampamento okinawano perto da área da igreja. E ainda tinha uma área específica para coreanos. Eles chamavam de “acampamento coreano”, em cima do morro. Tinha umas sete famílias.

E do outro lado da cidade ficava a Escola August [?]. Perto daquela escola tinha um acampamento espanhol, um acampamento porto-riquenho e um acampamento filipino. Todas as manhãs, no caminho da escola, a gente podia ver ... Sabe, os filipinos adoravam assistir brigas de galo. Nos fins de semana, todos eles se juntavam. Por isso, desde quando éramos pequenos, nós fomos expostos a brigas de galo.

Em um canto, na área atrás da nossa casa, tinha um grupo de homens solteiros – uns doze filipinos solteiros. Naquela época, os filipinos vinham sem suas esposas. Eles não podiam vir com as esposas, então só tinha homens solteiros. Mais tarde eu descobri que como eles trabalhavam para o pessoal da ferrovia, eles foram colocados no acampamento japonês. Eles eram os únicos [filipinos] no acampamento japonês, o que era algo bem estranho. [Os patrões] fizeram isso porque se houvesse algum problema com os trilhos da ferrovia, [os filipinos] podiam se apresentar no trabalho imediatamente.

Data: 19 de fevereiro de 2004
Localização Geográfica: Havaí, Estados Unidos
Interviewer: Lisa Itagaki, Krissy Kim
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum.

plantation plantation camps segregation

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation