A reação do pessoal da plantação após o ataque japonês a Pearl Harbor (Japonês)

Cantando música tradicional das lavouras em japonês e havaiano Houve um tempo que chorei de saudades do Japão (Japonês) O árduo trabalho na plantação (Japonês) Trabalhar o dia inteiro deixando as crianças (Japonês) A reação do pessoal da plantação após o ataque japonês a Pearl Harbor (Japonês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Japonês) Não sei como dizer, mas fiquei triste. Mas na plantação o tratamento foi bom. Davam máscara para todos nós. E como acontecia toda manhã, fomos ao lugar de nos reunirmos e o capataz distribuiu um papel só para os estrangeiros. Eu pensei que por sermos japoneses não fôssemos receber e fui perguntar. Daí ali estava escrito que nós éramos diferentes dos japoneses do Japão, que éramos pessoas boas e por isso não era para ninguém falar maldades para nós. Ficamos agradecidos. Antes, pensávamos que seríamos maltratados por sermos japoneses, mas isso não aconteceu.

Data: junho e julho de 1991
Localização Geográfica: Califórnia, Estados Unidos
Interviewer: Robert Nakamura, Karen Ishizuka
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum

hawaii immigrants issei Pearl Harbor plantation

Kizuna 2020: Bondade e solidariedade nikkeis durante a pandemia da COVID-19

Leia as histórias e compartilhe as suas!

Mais do Que um Jogo: Esporte Nikkei

O prazo para o envio de artigos até 31 de outubro.

Leia as histórias Esporte Nikkeis >>

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation