COPANI & KNT (2007)

Este é uma série de artigos e relatos sobre a Convenção Conjunta COPANI & KNT realizada entre 18 e 21 de julho de 2007 em São Paulo.

community en es pt

Desafios atuais das comunidadades Nipo-Americanos

Atualmente, existe um grande número de desafios para as comunidades nipo-americanas nos Estados Unidos. O ponto principal destes desafios é o fato de que as comunidades nipo-americanas estão se tornando cada vez mais complexas, dispersas, e distintas. Não podemos mais categorizar as comunidades nipo-americanas por gerações – issei, nisei, sansei – as quais compartilham de crenças e experiências históricas. Velhas definições do que é um “nipo-americano” parecem agora completamente inadequadas já que em cada três nipo-americanos um é de etnia mista, e o mais recente movimento migratório após a Segunda Guerra Mundial – dos “Shin ...

continue a ler

migration en es pt

Questões atuais da migração de brasileiros para o Japão

Em minha apresentação irei tratar da migração de nipo-brasileiros ao Japão, processo que trouxe significativas mudanças na vida de crescente parcela da população nikkey no Brasil, bem como no Japão.

Principalmente no início da década de 90 até hoje, crescentes parcelas de brasileiros descendentes de japoneses com suas famílias, mesmo de ascendência não nipônica, passam a ``ir e vir`` na rota Brasil – Japão, com vistas a melhoria de vida, em busca do sonho na modernidade tecnológica, na imagem do Japão potência e rico. Compreendia ...

continue a ler

community en es pt

Nipo Brasileiros: passado e presente

A história dos japoneses no Brasil começa em 1908 com a chegada dos primeiros imigrantes oficialmente reconhecidos pelo governo brasileiro. De lá para a atualidade, o caminho percorrido foi longo e muitas vezes tumultuado.

O primeiro grande problema enfrentado foi o do total desconhecimento sobre o Brasil. Os japoneses não sabiam nada sobre o país, para onde estavam se mudando, a não ser a distância e a propaganda de que aqui era muito fácil enriquecer. Ao mesmo tempo, os brasileiros também conheciam muito pouco dos japoneses. Este é um aspecto.

Um outro aspecto ...

continue a ler

migration en es pt

O Chile e a Imigração Japonesa - Parte 2

>> Parte 2

A colônia japonesa sui generis do Chile

Falar sobre uma “colônia japonesa no Chile” não passa de um aforismo que não se encaixa na realidade chilena. No Chile nunca existiu nem existe uma “colônia japonesa” como o termo se aplica ao Peru, Brasil, México ou qualquer país onde chegaram imigrantes oficiais. As oportunidades de vida encontradas pelos nossos imigrantes não levou à formação de um agrupamento “à japonesa” coeso e permanente. O que mais se aproximou deste conceito foi o ocorrido com pequenos grupos de duas ou três famílias ...

continue a ler

migration en es pt

O Chile e a imigração japonesa - Parte 1

Introdução

A emigração japonesa teve início quando chega ao fim três séculos de sakoku, o Japão se aproxima de outras nações através de tratados de amizade e comércio (com o Chile em 1897) e propicia a saída dos dekasegi em parte para aliviar o grave drama social vivido pela maioria de sua população. Milhares de famílias respondem a esta proposta proveniente do governo, se dispersando pelo mundo em busca de trabalho que seu país não pode oferecer. As Américas acolhem a maioria destes emigrantes oficiais ...

continue a ler