Célia Sakurai

Pesquisadora de história da imigração japonesa no Brasil. Autora de Romanceiro da Imigração Japonesa (1993), Imigração e Política (1995), “Imigração Tutelada. Os japoneses no Brasil” (2000 – tese de doutoramento Unicamp), Os Japoneses (2007), diversos artigos e “Duas cenas, um muro?” – conto vencedor do I Concurso Bunkyo de Contos (2013), publicado no site Descubra Nikkei em 11 de novembro de 2013.

Atualizado em junho de 2017

migration en ja es pt

No Brasil. 109 anos.

O que você estudou ninguém tira” era ou ainda é uma frase repetida à exaustão às crianças por gerações de pais de origem japonesa nestes 109 anos no Brasil. Se esta é uma máxima válida para todos os tempos e para todas as crianças, para os imigrantes japoneses a ênfase na educação tem significados que foram mudando ao longo do tempo acompanhando a trajetória das famílias que se radicaram no Brasil.

O sonho de retornar rico ao Japão em poucos anos foi compartilhado pelos primeiros 781 japoneses que aportaram do navio Kasato ...

continue a ler

identity en ja es pt

Crônicas Nikkeis #2: Nikkei+ ~Histórias sobre Idiomas, Tradições, Gerações & Raças Miscigenadas~

Duas cenas, um muro?

Essa já foi demais, pensou d. K. Se nem o Bira avisou! Não respondeu, apenas disse:

- Vou ver.

Confundir o cheiro do daikon fervendo com vazamento de gás deu nela um aperto no coração, de vergonha, talvez. Já não bastaram as tantas vezes que da porta de sua cozinha, ela dizia:

- Que cheiro estranho!

Era às quartas feiras que d. K já deixava preparado um monte de tsukemono de daikon para a semana.

O muro ia desde o fundo do quintal até o portão da frente separando as casas com um corredor de cada lado ...

continue a ler

community en es pt

COPANI & KNT (2007)

Nipo Brasileiros: passado e presente

A história dos japoneses no Brasil começa em 1908 com a chegada dos primeiros imigrantes oficialmente reconhecidos pelo governo brasileiro. De lá para a atualidade, o caminho percorrido foi longo e muitas vezes tumultuado.

O primeiro grande problema enfrentado foi o do total desconhecimento sobre o Brasil. Os japoneses não sabiam nada sobre o país, para onde estavam se mudando, a não ser a distância e a propaganda de que aqui era muito fácil enriquecer. Ao mesmo tempo, os brasileiros também conheciam muito pouco dos japoneses. Este é um aspecto.

Um outro aspecto ...

continue a ler