O dia em Pearl Harbor foi bombardeada (Inglês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Inglês) Eu vinha dirigindo na avenida principal, a Pacific Avenue; eu nunca tinha visto aquilo antes. Havia soldados e marinheiros, e eles estavam todos querendo pegar carona para o seu ... Bom, seja para onde for que eles tinham sido enviados. Em San Pedro tinha a marinha e também era onde ficava o Fort McArthur. Eu pensei: “Nossa, eu nunca vi uma coisa igual”. Todos os soldados e marinheiros estavam pedindo carona. E calhou de eu ver um colega de escola – ele era ... era era basco, tipo espanhol – e ele estava pedindo carona também. Então eu gritei para ele entrar no meu carro e ele disse: “Tudo bem?”

Ele entrou no carro e eu perguntei: “Para onde eu devo levar você?”
Ele então perguntou: “Você não ouviu o noticiário no rádio?”
Eu disse: “Não. O que está havendo?”
E ele respondeu: “O Japão bombardeou Pearl Harbor no Havaí, e por isso estamos em estado de alerta”.

Então ele me pediu para levá-lo até o Fort McArthur, e foi o que eu fiz. Eu fiquei boquiaberta. Eu não podia acreditar -- que o Japão tivesse atacado o Havaí, ou Pearl Harbor. Então eu fui à igreja e pela primeira vez me senti de uma maneira estranha. Todas as outras vezes eu havia me sentido como se fosse uma americana branca; eu me via apenas como uma americana. Mas quando eu cheguei na igreja, eu pude notar a diferença; eles estavam me olhando não como qualquer outra americana como haviam feito até então. Até meus alunos me olhavam meio – não sei dizer – como se não soubessem o que fazer ou como agir comigo porque eu era japonesa. E como ... Bom, como a igreja toda parecia ... Eles não sabiam o que fazer. Eles acabaram reduzindo muito o horário da escola dominical. Eu costumava colocar dentro do carro todas as crianças que iam a escola dominical e então eu levava cada uma delas para sua casa. Mas aí, até quando todas estavam no carro, a coisa tinha mudado; eu acho que era porque elas sabiam que uma parte do território americano havia sido bombardeado.

Data: 16 de Junho de 2003
Localização Geográfica: Califórnia, Estados Unidos
Interviewer: Karen Ishizuka, Akira Boch
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum.

military Pearl Harbor racism World War II

Enquete sobre a série Perguntas e Respostas do Descubra Nikkei

Participe da enquete >>

Kizuna 2020: Bondade e solidariedade nikkeis durante a pandemia da COVID-19

Leia as histórias e compartilhe as suas!

Mais do Que um Jogo: Esporte Nikkei

O prazo para o envio de artigos até 31 de outubro.

Leia as histórias Esporte Nikkeis >>

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation