A vida como adolescente no campo de concentração (Inglês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Inglês) Quando chegamos ao campo de concentração, eu só ia da casa para a sala do quartel quando tinha que dormir. E assim, eu me lembro... Eu confiei no fato de que as paredes do quartel entre as famílias só iam até o teto e todo o caminho era aberto, de modo que você podia ouvir os vizinhos. Então eu dependia disso para fazer o que eu quisesse fazer. Sabe, meus pais não nos permitiam sequer jogar cartas - qualquer tipo de cartas, porque isso foi associado com apostas. Então, eu não aprendi a jogar cartas até entrar no campo [de concentração]. Nós nem sequer comíamos com nossos pais, porque era refeitório. Então, nós comíamos com nossos colegas. Jogávamos bola e esse tipo de coisa. Nós ficávamos acordados até tarde e eu aprendi a jogar pinochle [um jogo de cartas]. Depois eu ia para casa. Então, uma noite minha mãe ficou cheia disso. Ela me deu um sermão que todos conseguiam ouvir, acima e abaixo no quartel.

Data: 17 de janeiro de 2004
Localização Geográfica: Califórnia, Estados Unidos
Interviewer: Art Hansen
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum.

barracks camps incarceration internment World War II

Heróis Nikkeis: Pioneiros, Modelos e Inspirações

O prazo para o envio de artigos até 30 de setembro.

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation