OHAYO Bom dia

Meus avós vieram do Japão há mais ou menos 100 anos. Eu nasci no Brasil. Por isso, quero servir de “ponte” entre o Brasil e o Japão. O Japão que está arraigado no meu coração é um tesouro que quero guardar para sempre.  E foi movida por esse sentimento profundo que escrevi a presente série.  (Bom dia em japonês é Ohayo)

community en ja es pt

Capítulo final (Parte 2): No ar... Programa OHAYO Bom Dia!

Parte 1 >>

A culinária japonesa também era muito apreciada. Por ser um programa matinal em dia de semana, a maioria dos ouvintes era composta por donas de casa, mas fiquei sabendo que os homens também estavam sintonizados.

Os brasileiros têm interesse em receitas que usam soja. Sendo assim, dei um dia a receita de bolo de “okara”, que é o resíduo de soja após a fabricação do tofu. Os outros ingredientes são bastante usados pelos brasileiros, que são a banana e o fubá. Ao terminar de dar a receita, veio logo um ...

continue a ler

community en ja es pt

Capítulo final (Parte 1): No ar... Programa OHAYO Bom Dia!

“OHAYO Bom Dia! Está uma linda manhã, não é mesmo, pessoal? Eu sou Laura Honda e é com muita alegria que estamos começando mais um OHAYO Bom Dia! Espero que vocês tenham um ótimo entretenimento.”

Era deste modo que, durante sete anos, eu começava o meu dia. Faça chuva ou faça sol, eu ia para a rádio, onde passava momentos realmente maravilhosos.

Apresentar programa em rádio era um sonho de longa data.

Voltando atrás no tempo, na década de 50, os adultos costumavam fazer a seguinte pergunta para as crianças: “O ...

continue a ler

identity en ja es pt

Capítulo 19: Ser nikkei

Certa vez, eu estava saindo da estação Ana Rosa do metrô, quando ouvi um grupinho de estudantes que vinha atrás comentando: “Ah, mas ela tem ‘neurônios orientais’!”.

‘Neurônios orientais’? O que será? Era a primeira vez que ouvia isto. Perto há escolas de segundo grau e um cursinho, então pode ser que eles não tenham se saído bem na prova, mas uma garota oriental teria se destacado com uma boa nota.

Desde antigamente os estudantes descendentes de japoneses têm sido considerados alunos exemplares, muito dedicados e, mais recentemente, jovens de origem coreana ...

continue a ler

identity en ja es pt

Capítulo 18 (Parte 2): Nippon antigo está aqui!

Parte 1>>

Vamos voltar às histórias do passado. Em 1959, fui conhecer os meus avós maternos e a casa onde minha mãe vivera enquanto solteira. Era uma fazenda localizada na periferia de Londrina, no estado do Paraná.

Nos dias que passei lá pude vivenciar novas experiências. Começando com o costume de tirar os sapatos ao entrar na casa. Em casa também tínhamos esse costume, logo na entrada havia uma sapateira. Mas na casa de vovó descalçava-se o sapato e simplesmente deixava-se largado no mesmo lugar. Assim, fiquei espantada ao ver todos aqueles ...

continue a ler

identity en ja es pt

Capítulo 18 (Parte 1): Nippon antigo está aqui!

Quarenta anos atrás eu morei no Japão como bolsista.

O japonês que eu sabia naquela época limitava-se a algumas palavras, mas eu não me sentia insegura, não sei por quê. Talvez porque era jovem, penso eu.

Logo que me instalei no pensionato, perguntei para a senhora que tomava conta: “Poderia me emprestar o maekake (avental)?”. Ela inclinou a cabeça para o lado em sinal de dúvida e me disse: “Se for epuron, aqui está”.

Passou-se um tempo e eu fui visitar a família de um primo de minha mãe, em T ...

continue a ler