Recusando-se a usar um nome chinês para se identificar como Asiático Américano (Inglês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Inglês) Eu estava esperando por um … aquilo era o que eu realmente queria. E eu acho que entre estes artistas que eu mencionei, aqueles por quem eu tenho grande respeito, eles eram companheiros e colegas, e eu sinto que tenho muito em comum com eles porque todos nós passamos pelos mesmos obstáculos. Ao mesmo tempo, sendo Hapa, eu tive que me estabelecer como um americano-asiático, o que é algo que eu achava que eu nunca teria que fazer. Quando eu fui à escola, eu era membro do APSA [Aliança de Estudantes Asiáticos e das Ilhas do Pacífico], você entende, eu fazia essas coisas típicas de americanos asiáticos. Eu ia para festivais de obon, e quando eu morava no Havaí eu fazia este tipo de coisa … e viajar pelo Japão e na China me fez sentir … eu tinha um sentimento profundo de ser um americano asiático.

Mas eu lembro quando eu enviei meu primeiro filme … eu enviei o filme e consegui entrar nuns dois festivais, mas um festival de filmes americanos asíaticos o recusou. Então eu falei com um cara que trabalhava para esta organização, e ele disse: “Sabe de uma coisa, Kip, se você realmente quer ser aceito, você deve começar a usar um sobrenome chinês. Porque, você entende … eu não estou dizendo que foi por isso que seu filme não foi aceito, mas a gente vê esse nome – ‘Kip Fulbeck’ – e é bem coisa de americano anglo-saxão”. Então ele disse: “Você deveria usar o sobrenome da sua mãe … deveria usar o sobrenome da sua mãe como parte do seu nome”. [Nos E.U.A., o sobrenome da mãe geralmente não faz parte dos nomes dos filhos.]

Eu sei que vários dos meus colegas profissionais fizeram isso, e muitos escritores, atores, e apresentadores de televisão fazem isso, mas eu achei … que aquilo seria algo um tanto arrogante, e eu me recusei a fazer isso por esta razão. Já que agora eu me estabeleci como um artista com pelo menos um certo nível de credibilidade, é bom que eu não precise mais fazer esse tipo de coisa.

Data: 3 de maio de 2006
Localização Geográfica: Califórnia, Estados Unidos
Interviewer: Jim Bower
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum.

artists hapa identity

Heróis Nikkeis: Pioneiros, Modelos e Inspirações

Leia as histórias Heróis Nikkeis >>

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation