Impondo uma identidade aos outros (Inglês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Inglês) É claro que se você viajar para o exterior, as pessoas vão identificar você à maneira delas. Para mim … Eu cresci logo do outro lado dessa rua … Quando eu era criança, eu ia para Chinatown todas as semanas. Ao mesmo tempo, eu cresci com esta forte influência nipo-americana na minha vida. Tinha o meu irmão que praticava shotokan, e depois eu mesmo pratiquei shotokan – e acabei estudando shotokan minha vida toda. Depois estudei japonês na faculdade, e depois morei no Japão várias vezes e estudei por lá. Eu provavelmente sinto uma afinidade maior com a cultura japonesa do que com a chinesa, de forma que eu posso dizer que minha identidade ficou meio misturada. Mas as pessoas podem ir contra isso, dizendo: “Espera aí, eu identifico você” – eles impõem isso em mim: “Você é chinês”. Mas as pessoas que mais dizem que eu não sou chinês são os próprios chineses! Ninguém me diz que eu não sou chinês com maior frequência do que a minha irmã.

Data: 3 de maio de 2006
Localização Geográfica: Califórnia, Estados Unidos
Interviewer: Jim Bower
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum.

hapa identity multiracial

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation