A educação dos filhos (Japonês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Japonês) Com o término da guerra, o meu sonho foi pelos ares. Fiquei tão irado, tão desconsolado que não queria que minhas filhas passassem por coisa parecida. Por isso, falei para seguirem o caminho que desejassem. Falando bonito, diria que dei liberdade para fazer o que queriam, mas acho que fui irresponsável como pai.

Como tive minhas dificuldades com o inglês, queria que elas estudassem a língua, mas que não se esquecessem do japonês. Então para isso acontecer, teria de matricular numa escola pública e depois numa escola de japonês.

Como eu disse antes, meus pais haviam perdido tudo e eu tinha que arcar com os gastos com a escola de meus irmãos menores. Eu tinha a responsabilidade de trabalhar e mandar dinheiro para o Japão. Dizer responsabilidade é engraçado, mas eu tinha que fazer isso, portanto, não tinha tempo para levar minhas filhas para a escola de japonês. Por um tempo, eu trabalhava os sete dias da semana em três empregos. Penso que para as crianças fui um péssimo pai.

Quando ouvi falar que na Escola Maryknoll ensinava-se japonês, tratei de matricular minhas filhas lá. Mas, por ser uma escola católica, as mensalidades eram altas e isso pesou muito (risos).

 

Data: 31 de janeiro de 2012
Localização Geográfica: Califórnia, Estados Unidos
Interviewer: John Esaki, Yoko Nishimura
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum

education Japanese kibei

Heróis Nikkeis: Pioneiros, Modelos e Inspirações

Leia as histórias Heróis Nikkeis >>

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation