Escolha o seu idioma de preferência para tirar o máximo proveito das páginas do nosso Jornal:
English 日本語 Español Português

Fizemos muitas melhoras nas seções do nosso Jornal. Por favor, envie-nos a sua opinião ao escrever para editor@DiscoverNikkei.org!

Crônicas Nikkeis #3 — Nomes Nikkeis: Taro, John, Juan, João?

Sobre Nomes Japoneses

Nome japonês sempre soou esquisito para os ouvidos do brasileiro. Então, o pioneiro não só adotou nome brasileiro para si como também passou a batizar seus filhos com nome de "gaijin". E tem aquela história do issei que registrou o filho como Sugiro porque ouviu de um amigo: - Sugiro Antonio, João ou Carlos -mencionando os nomes mais comuns.

Sigueru Ietsugu, meu amigo, se apresentou ao novo chefe. Disse seu nome, repetiu, em vão.  Então,  o chefe resolveu chamá-lo de Paulo.

Todo nikkei tem uma história engraçada ou constrangedora por causa do seu nome. Além disso, ele já nem se incomoda de ouvir seu nome pronunciado de diferentes maneiras.

Jorge Nagao

Certa vez, eu estava na sala de espera numa clínica de diagnósticos. Agoniado, depois de tomar seis copos de água, aguardava o exame de ultrassom que estava bem atrasado. Até que ouvi:- Jorge... gão! Caminhei pelo extenso corredor e as pessoas riam pra mim ou, melhor/pior, de mim.  Encontrei a atendente que não parava de rir e perguntei-lhe o motivo do riso.

- Chamei o senhor de Jorge Negão, me desculpe. – justificou a morena que talvez estivesse pensando no seu namorado.

Como praticamente não existe mais omiai kekkon, casamento arranjado, os nomes dos novos nikkeis são bem brasileiros, mas os sobrenomes são bem variados: portugueses, espanhóis, italianos e até poloneses. Culpa da crescente miscigenação, irreversível, a essas alturas.

Numa eleição interna no Banco do Brasil, fui eleito graças ao grande número de nikkeis que,  mesmo não me conhecendo,  me deram um voto de confiança.

Antigamente, os nomes japoneses ficavam restritos a áreas específicas como engenharia, agricultura, odontologia e esportes como judô e tênis de mesa. Hoje, com a integração total com a cultura brasileira, os ex-tímidos nikkeis estão brilhando em diversas áreas culturais e profissionais. Só não vê quem não quer.

Recentemente, fui apresentado como escritor a outro sócio do clube, que se espantou:- Ué, um japonês que escreve?! Pois é, a gente escreve, interpreta, canta, enfim, a gente pinta e borda, e o que vier a gente traça.

Para descontrair, aproveito esta oportunidade Hara para brincar com nossos sobrenomes. É uma Takada arriscada mas aí vai.

A vida de nikkei não é Mori. É muito Sato ouvir piadas com nosso namae. Okada um com os seus problemas. Ishii, Oota na hora, Noda pra ficar mais. Ito indo, tomodachi. Agora Kato Miyamoto Suzuki e vou Endo. Fujii.

Sayonagao!

 

* Esta história foi escrita por um dos participantes do Workshop "Nomes Nikkeis", realizado no dia 26 de agosto de 2014 no Bunkyo, em São Paulo.

 

© 2014 Jorge Nagao

31 Estrelas

Os Favoritos da Comunidade Nima-kai

Cada um dos artigos enviados a esta série poderia ser selecionado como um dos favoritos de nossos leitores e Comitês Editoriais. Agradecemos a todos que votaram!

Brazil identity names Nikkei Chronicles Nikkei Names

Sobre esta série

O que um nome quer dizer? Esta série apresenta histórias que exploram os significados, origens e as histórias ainda não contadas por trás dos nomes pessoais nikkeis. Estes podem incluir primeiros nomes, sobrenomes e até mesmo apelidos!

Para este projeto, pedimos à nossa comunidade Nima-kai para votar nas suas histórias favoritas e ao nosso Comitê Editorial para escolher as suas favoritas. Aqui estão as histórias favoritas:


  Seleções dos Comitês Editoriais:

  Escolha do Nima-kai

Para maiores informações sobre este projeto literário >>


Confira estas outras séries de Crônicas Nikkeis:

#1: ITADAKIMASU! Um Gostinho da Cultura Nikkei 
#2: Nikkei+ ~Histórias sobre Idiomas, Tradições, Gerações & Raças Miscigenadas~
#4: Família Nikkei: Memórias, Tradições e Valores 
#5: Nikkei-go: O Idioma da Família, Comunidade e Cultura  
#6: Itadakimasu 2! Um Novo Gostinho da Cultura Nikkei
#7: Raízes Nikkeis: Mergulhando no Nosso Patrimônio Cultural