Jorge Nagao

Jorge Nagao nasceu em Vera Cruz-SP, em 1952. Mora em São Paulo. Colaborou na seção de humor da Folha de S.Paulo e no famoso semanário humorístico Pasquim, nos anos 1980. Desde 2010 é colunista do jornal Nippak/Brasil e integra a constelação do www.algoadizer.com.br.

Atualizado em novembro de 2014

community pt

Crônicas Nikkeis #5 — Nikkei-go: O Idioma da Família, Comunidade e Cultura

Nihongo vai e vem

Tadatoshi e Setsuko, meus pais, chegaram à capital paulista, vindos de Vera Cruz, interior de São Paulo, em 1955, com 5 filhos. 

Depois de uma breve passagem por uma casa na zona leste, no distrito de Ermelino Matarazzo, meu pai adquiriu um mercadinho/mise, próximo dali.

Como os fregueses não aprendiam a pronunciar seus nomes, Tadatoshi virou Mário e Setsuko, Helena. Seu Mário e Dona Helena, tiveram que se comunicar em Português com os fregueses, com todas as dificuldades inimagináveis. Assim, o nosso Nihongo ficava restrito a algumas expressões e palavras como hai ...

continue a ler

identity en ja es pt

Crônicas Nikkeis #3 — Nomes Nikkeis: Taro, John, Juan, João?

Sobre Nomes Japoneses

Nome japonês sempre soou esquisito para os ouvidos do brasileiro. Então, o pioneiro não só adotou nome brasileiro para si como também passou a batizar seus filhos com nome de "gaijin". E tem aquela história do issei que registrou o filho como Sugiro porque ouviu de um amigo: - Sugiro Antonio, João ou Carlos -mencionando os nomes mais comuns.

Sigueru Ietsugu, meu amigo, se apresentou ao novo chefe. Disse seu nome, repetiu, em vão.  Então,  o chefe resolveu chamá-lo de Paulo.

Todo nikkei tem uma história engraçada ou constrangedora por ...

continue a ler