As palavras do pai (Inglês)

Respondendo ao governo americano (Inglês) Lembrando de Pearl Harbor (Inglês) A primeira eleição (Inglês) Uma história sobre a sua mãe (Inglês) Uma história sobre o seu pai (Inglês) O FBI e o rádio (Inglês) As palavras do pai (Inglês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Inglês) No dia que eu fui embora de casa para entrar para o serviço militar, ele pediu dispensa no trabalho – o que era necessário porque de acordo com a lei você tinha que ter permissão do seu empregador. Você não podia não aparecer para trabalhar, sem permissão. Então, ele me acompanhou no bonde ... Se você conseguir visualizar nós dois sentados lado a lado; os dois olhando diretamente para frente sem dizer nada até chegarmos perto do nosso destino.

Quando vimos que o bonde ia parar, ele deu um pigarrinho e disse: “Este país foi bom para a gente. Nos deu trabalho; te deu a chance de ir à escola. Nós levamos uma boa vida. Nós devemos muito a este país. Nós devemos muito. Por isso, se você tiver que dar a sua vida pelo país, faça o que for preciso. Mas seja lá o que você faça, não desonre a sua família, não desonre o país”. E foi só isso.

Aparentemente, isso era um lado importante dos niseis, como você havia falado – esse sistema de valores. Porque eu me lembro vividamente da noite antes de lançarmos o nosso primeiro ataque. Pois então, na manhã seguinte eu tomei parte num esquadrão; [eu era] assistente do líder do esquadrão. Tinha 12 de nós aguardando ordens para iniciarmos o avanço. Então eu me sentei e disse: “Olha só, o que é que estava na cabeça de vocês ontem a noite? Só de curiosidade”. Depois de um tempo, um deles se levantou e disse: “Eu estava rezando para que não agisse como um covarde”. O próximo então disse: “É, eu estava pensando a mesma coisa. Isso traria vergonha para a família”. Todos disseram a mesma coisa de maneiras diferentes.

Não desonrar a família, certo? Pois então, esses eram os homens que trabalhavam nas plantações, voluntários vindo dos campos de internamento, sabe? Porque eles estavam misturados com os “kotonks” [niseis dos Estados Unidos Continental] e conosco. E todos eles, não importa se tinham vindo de Montana, Wyoming, Arizona, ou Honolulu – todos saíram do mesmo jeito.

Data: 31 de maio de 2001
Localização Geográfica: Califórnia, Estados Unidos
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum

442nd identity military veteran World War II

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation