Escolha o seu idioma de preferência para tirar o máximo proveito das páginas do nosso Jornal:
English 日本語 Español Português

Fizemos muitas melhoras nas seções do nosso Jornal. Por favor, envie-nos a sua opinião ao escrever para editor@DiscoverNikkei.org!

sports

en ja es pt

O Okinawa Kakuriki na Colônia Okinawa- Bolívia

1. O Okinawa Kakuriki no início

No período compreendido entre os anos de 1954 e 1964, quando as ilhas de Okinawa estavam sobre a ocupação americana, foram organizados, no total, 19 grupos de imigração. São mais de 3900 imigrantes que partiram de Okinawa a Bolívia. Não existem muitos registros do Okinawa Kakuriki (sumo) daquela época.

No dia 18 de Setembro de 1955, durante um festival cultural, foi organizado um Torneio do Okinawa Kakuriki como uma das atrações. Naquela época, a sede da cooperativa e as residências para imigrantes estavam construídas perto do rio Palometillas.  Este rio possui uma longa praia de areias brancas que foram ideais para a arena do Okinawa Kakuriki.  Neste torneio, sem limites de peso, na fase inicial, classificavam os lutadores que ganhassem 5 lutas consecutivas.  Terminada esta etapa, os classificados lutavam entre si para decidir o campeão. Sequencias ousadas inesperadas em lutas que não se definiam facilmente, ofereceram ao público presente uma grande emoção e superou todas as expectativas.  Este torneio de Kakuriki foi o primeiro realizado de maneira organizada no território boliviano.

As colônias de imigrantes okinawanos estavam organizadas segundo a ordem de chegada; primeira, segunda e terceira colônias. Os torneios de Kakuriki eram organizados sempre que havia uma festa nestas colônias como: Aniversário da Fundação, Natal, despedidas e bem-vindas de imigrantes.  Cada colônia se organizava internamente em grupos e realizavam torneios internos, e também se realizavam torneios entre colônias.  Nesta época se realizou o torneio internacional de Kakuriki entre os países: Brasil, Argentina, Peru e Bolívia pelo encontro de imigrantes okinawanos da América do Sul.   Em 1964, para a comemoração dos 10 anos da imigração na Bolívia também se realizou um torneio internacional. 

2. A história da criação da Associação para a Promoção do Okinawa Kakuriki na Bolívia

Na Bolívia, por muito tempo, os torneios de Kakuriki eram organizados de forma que as lutas iniciais eram sempre eliminatórias.  Em 1978, no torneio organizado para a festa da Maioridade Civil (Seijin Shiki) se estabeleceu categorias por pesos.  Foram criadas três categorias, e o sistema começou a ser implantado nos torneios internos de cada colônia que se dividiam em seis zonas cada uma. Em 1979 na comemoração dos 25 anos da imigração okinawana na Bolívia foi realizado o torneio internacional entre os 4 países, com a divisão das três categorias, peso leve, médio e pesado. Cada país participou com representantes de alto nível e o torneio de Kakuriki foi uma das grandes atrações da festa da imigração.

Torneio Internacional do Okinawa Kakuriki organizado como atividade na Festa dos 25 anos da Imigração Okinawana (1979)

Nos anos 80, devido a hiper-inflação na Bolívia e as condições favoráveis do panorama econômico japonês, muitos “dekasseguis” foram ao Japão. Desde 1978 a Associação Boliviana Japonesa de Okinawa organizava o torneio de Kakuriki como atração da festa anual do “Seijin Shiki”.  Mas, 1985 este torneio foi cancelado por falta de participantes. Cada vez mais, a tradição do Okinawa Kakuriki foi desaparecendo. Depois da eliminatória para participar do Torneio Internacional na Argentina em 1986, o Kakuriki desapareceu, completamente, na Bolívia.

Não realizava nenhuma campanha para reviver o Kakuriki, mas no mês de Dezembro de 1991, através das idéias dos admiradores do Okinawa Kakuriki, representado pelo slogan “Torneio de Kakuriki, Renascer, Promover” resolvi apoiar a iniciativa.  E, rapidamente, no dia 5 de Dezembro do mesmo ano foi criada a Associação para a Promoção do Okinawa Kakuriki na Bolívia, tendo como primeiro presidente o Sr. Seiei Shiroma.  Esta data deve ser considerada como a fundação da associação que recebeu o apoio da Associação Boliviana Japonesa de Okinawa (NitiBo), que já tinha um papel de destaque nas grandes colônias de imigrantes.  A Associação NitiBo ofereceu apoio financeiro para iniciar o trabalho de resgatar uma das grandes tradições culturais okinawanas que é o Kakuriki.  Desta forma, iniciou se o trabalho de promover, novamente, o Kakuriki na Bolívia.

3. O Okinawa Kakuriki depois da criação da Associação

Dois dias depois de criada a Associação, o Okinawa Kenjinkai de Santa Cruz oficializou o pedido para a organização de um torneio de Kakuriki para o seu evento.  Foi criado um corpo de juízes.  Neste caso, o torneio que foi improvisado de forma urgente e pela quantidade de anos que não se organizava um campeonato de Kakuriki, tiveram poucos participantes, mas pode ser considerado um torneio oficial do Okinawa Kakuriki.

O primeiro torneio organizado oficialmente pela Associação foi em fevereiro de 1992.  Foi parte do Seijin Shiki organizado pela Associação NitiBo.  Neste torneio, os participantes foram divididos em: categoria estudantes (menores), categoria maiores (estudantes secundários e outros).  Para a categoria estudantes, foi realizada uma etapa eliminatória por ordem de idade.  Terminada esta etapa, realizou-se uma etapa final, separadamente, para estudantes do nível primário e estudantes do nível intermediário. A categoria maiores foi dividida em três sub-categorias por peso: leve, médio e pesado.  Para finalizar, também se realizou uma ronda livre de categorias.

Para promover, novamente, o Kakuriki nas colônias e de maneira sustentável, era importante oferecer torneios que fossem interessantes, para que participassem a maior quantidade possível de estudantes. Com a visão baseada nesta idéia  de difundir a tradição, organizou-se o Hana Kakuriki, onde o objetivo principal não era o resultado final e sim que os participantes pudessem conhecer e desfrutar o Kakuriki.

Torneio Internacional do Okinawa Kakuriki organizado como atividade na Festa dos 40 anos da Imigração Okinawana, a categoria maiores lutou até o anoitecer (1994)

Os torneios organizados posteriormente formavam parte de eventos como o Seijin Shiki do NitiBo, do torneio de Softball, de eventos como a fundação da imigração, e da fundação da associação de cooperativas da colônia okinawana.  Em Setembro de 1997 realizou-se o décimo torneio de Kakuriki. Foi o primeiro torneio organizado pela Associação de maneira independente.  A adesão de participantes e expectadores foi satisfatória, mas ainda deixou a desejar se comparamos  à época dos grandes torneios.

Em 2004 a colônia de imigrantes okinawanos festejou 50 anos da sua fundação. Para este evento foi realizado um grande torneio do Okinawa Kakuriki. Com a participação de uma delegação de 9 lutadores brasileiros, o torneio alcançou um bom nível internacional. 

No ginásio da primeira colônia foi construída uma arena. Participaram também, lutadores da delegação brasileira. (2004)

No Janeiro de 2009, foi realizada a edição de número 27 do torneio. O grande tema deste evento foi a mudança geracional.  Na época da fundação da Associação, os principais admiradores e praticantes eram pessoas da faixa dos 30 e 40 anos.  Atualmente, essas pessoas estão cedendo espaço para os participantes mais jóvens e por isso se sente um certo declínio na quantidade de participantes.  A comissão organizadora dos torneios também deve começar a ser substituída pela nova geração.

O Okinawa Kakuriki não é somente um esporte de combate, é reconhecido, mundialmente, como um legado cultural tradicional, orgulho da província de Okinawa.  Baseado nisso, o Kakuriki praticado na Bolívia tem o papel importante de reforçar a identidade de um descendente okinawano, e forma parte de uma cultura que deve ser transmitida à gerações futuras.  O objetivo principal de continuar promovendo o Kakuriki consiste en colaborar com a formação do orgulho de ser descendente de Okinawa. 

© 2009 Kazuo Miyagi

Bolivia colonia okinawa kakuriki okinawa sports sumo