Vozes de Chicago

Os artigos dessa série foram originalmente publicados em “Vozes de Chicago (Voices of Chicago)”, o jornal online da Chicago Japanese American Historical Society, que é uma organização participante do Descubra Nikkei desde dezembro de 2004.

“Voices of Chicago” é uma coleção de narrativas em primeira pessoa sobre as experiências de pessoas de descendência japonesa que moram em Chicago. A comunidade é composta por três ondas de imigração e seus descendentes: a primeira, cerca de 300 pessoas, chegou a Chicago mais ou menos na época do Columbian Exposition em 1899. O segundo e maior grupo é descendente de 30.000 pessoas que vieram diretamente para Chicago a partir dos campos de concentração após a Segunda Guerra Mundial. Chamados de "reassentados", eles criaram uma comunidade construída em torno de organizações de serviços sociais, igrejas budistas e cristãs e pequenas empresas. O terceiro grupo, mais recente, é de cidadãos japoneses que vieram para Chicago, com início na década de 1980, como artistas e estudantes, e [ali] permaneceram. Um quarto grupo, não-imigrante, é de executivos japoneses e suas famílias que vivem em Chicago por longos períodos, às vezes permanentemente.

Chicago tem sido sempre um lugar onde as pessoas podem recriar a si mesmas e onde diversas comunidades étnicas vivem e trabalham juntas. O “Voices of Chicago” conta histórias de membros de cada um desses quatro grupos e como eles se encaixam no mosaico de uma grande cidade.

Visite o site da Chicago Japanese American Historical Society >> 

community en

Census 2000 Portrait of Japanese Americans in Metropolitan Chicago: A Portrait of Japanese Americans in the Chicago Metropolitan Area

Compared with the West, South, or Northeast regions in the US, the Midwest region has both the smallest Asian American population and the smallest Japanese American population. However, nationally Illinois has the sixth largest Japanese Americans population (27,702 individuals) and is the top state within the Midwest.

Census 2000 was the first to collect "racial" data that allows for multiethnic and multiracial self-identification with the instruction, "Mark one or more races to indicate what this person considers himself/herself to be." As seen in Figure 1, we now have a more complete picture of the evolving Japanese American community ...

continue a ler