Akemi Kikumura Yano

Dr. Akemi Kikumura-Yano é Diretora Geral y presidente do Museu Nacional Japonês Americano, e é “Chefe de Projeto” do Projeto do Legado Nikkei, responsável pelo website Discover Nikkei. Ela tem doutorado em antropologia da Universidade da Califórnia em Los Angeles, e é autora e teatróloga premiada. Seu livro mais conhecido é Through Harsh Winters: The Life of a Japanese Immigrant Woman (“Através de Invernos Rigorosos: A Vida de uma Imigrante Japonesa”).

Atualizado em fevereiro de 2008

migration en ja es pt

Encyclopedia of Nikkei Migration

Canadá - Visão histórica sobre a migração

Muitos japoneses emigraram para o Canadá entre os anos das décadas de 1890 a 1920, embora o registro do primeiro imigrante japonês date de 1877. Os primeiros imigrantes trabalharam na indústria madereira, nas minas, pesca e agricultura em British Columbia. O pico da imigração japonesa ocorreu entre 1905 a 1907 que acabou por provocar um exacerbado racismo anti-nipônico. 

A demanda de exclusão dos imigrantes japoneses conduziu a celebração do Acordo de Cavalheiros Hayashi-Lemieux em 1908, que reduziu para 400 pessoas a admissão anual de japoneses no Canadá. Assistiu-se, nos anos seguintes, a chegada de “picture brides”, as noivas de casamentos …

continue a ler

migration en ja es pt

Encyclopedia of Nikkei Migration

Brasil - Visão histórica sobre a migração

Os primeiros imigrantes japoneses chegaram ao Brasil em 1908. As famílias vieram para trabalha nas plantações de café, contratados pelos fazendeiros que estavam em busca de mãos de obras baratas. Depois que os Estados Unidos fecharam as portas para a imigração japonesa em 1924, o governo japonês se empenhou em facilitar e acelerar a ida dos imigrantes para o Brasil.

A vida rural era, contudo, muito difícil e muitos trocaram as fazendas pelas colônias recém desbravadas pelos próprios japoneses, ou então, foram para os subúrbios das cidades. A cidade de São Paulo e o seu subúrbio foram as áreas que …

continue a ler

migration en ja es pt

Encyclopedia of Nikkei Migration

Bolívia - Visão histórica sobre a migração

No período anterior a década de 1950, a maioria dos japoneses entraram na Bolívia através do Peru, como trabalhadores comuns. Em 1899, a Bacia do Rio Mapiri, na região de La Paz, assistiu a chegada de primeira leva de 91 trabalhadores japoneses para os seringais daquela área.

[inline:BL8_sm.jpg]

A partir de então, os altiplanos dos Andes continuaram a atrair algumas centenas a mais de japoneses que conseguiram os trabalhos nas minas e na construção de estradas de ferro. O interior do Amazonas emergiu como o segundo maior destino dos trabalhadores, que também vieram através do Peru para trabalhar nos seringais …

continue a ler

migration en ja es pt

Encyclopedia of Nikkei Migration

Argentina – Visão histórica sobre a migração

A história dos nikkeis na Argentina se iniciou no período 1908-1909, com a chegada de imigrantes provenientes das províncias de Okinawa e Kagoshima que até hoje constitui o maior contingente em relação aos demais. O primeiro imigrante japonês ingressou no país via Brasil e os sucessivos grupos que se seguiram, entraram na Argentina através dos países vizinhos.

[inline:AR-1.jpg]

Nos anos que antecederam a Segunda Guerra Mundial, os nikkeis estavam se dedicando a pequenos negócios nas cidades, principalmente tinturarias e bares em Buenos Aires, e alguns trabalhavam como empregados domésticos, operários nas fábricas e estivadores. Um grupo pequeno se dedicava a …

continue a ler

community en ja

Issei Pioneers - Hawaii and the Mainland 1885-1924 - Part 26 (Final part)

Read Part 25 >> 

ISSEI PIONEERS 

For many Issei, their temporary stay had stretched into ten, twenty years and more, with the youth they had brought to America now spent.

One Day
I found my father
In the mirror
.1

Some found "money trees" and returned to Japan. Others migrated to Mexico of Manchuria looking for better opportunities. Many more decided to sink their roots and settle in America. 

Getting used to it,
America, now for me
The best place to live
.2 

Quite a few died alone in cheap boarding houses and nursing homes …

continue a ler

Séries às quais este autor contribui