Crônicas Nikkeis #3—Nomes Nikkeis: Taro, John, Juan, João?

O que um nome quer dizer? Esta série apresenta histórias que exploram os significados, origens e as histórias ainda não contadas por trás dos nomes pessoais nikkeis. Estes podem incluir primeiros nomes, sobrenomes e até mesmo apelidos!

Para este projeto, pedimos à nossa comunidade Nima-kai para votar nas suas histórias favoritas e ao nosso Comitê Editorial para escolher as suas favoritas. Aqui estão as histórias favoritas:


  Seleções dos Comitês Editoriais:

  Escolha do Nima-kai

Para maiores informações sobre este projeto literário >>


Confira estas outras séries de Crônicas Nikkeis >>

identity en

My name has Asia covered: From Asia Minor to Japan

What is in a name? Is your name unique? Have you developed your identity around your name? Were you named after a relative, a movie star, or a song title…? Do you happen to have a surname that is also shared by a famous person? These questions and more usually come to mind when thinking about your name.

As most Nikkei, you probably have encountered multiple mispronunciations of your surname, myself included. I can relate to the “butchering” of the mispronunciation of my last name, Ishikawa. The worst examples come over the telephone by telemarketers. If they can’t pronounce my …

continue a ler

identity en ja es pt

Qual é o meu nome? Diana, Keiko, Ando-san, Sra. Ono, Diana-san, Tia Diana???

Agora que estou na casa dos 50, posso dizer que já passei por muitas mudanças de nome. Tendo crescido em Orange County [situado logo ao sul/sudeste de Los Angeles], eu era conhecida como Diana Keiko Ando até a faculdade, quando passei o meu primeiro ano no exterior na Universidade de Waseda, em Tóquio. Foi em 1976 que passei a ser chamada de Keiko. Este foi definitivamente um ano de mudanças positivas na minha vida! Eu me sinto tão sortuda de ter vivido no Japão. Eu dou grande valor à minha herança cultural japonesa e me sinto orgulhosa de ter um …

continue a ler

identity en ja es pt

A Criança de Mil Gerações

A história do meu nome do meio me trouxe orgulho e também pressão quando eu ainda era criança. O meu nome do meio é Chiyoko, em homenagem à minha avó Chiyoko, a mãe do meu pai. A minha avó teve câncer de estômago antes do meu nascimento. Ela tentou sobreviver para me ver nascer, mas faleceu poucos meses antes do meu nascimento. Os meus pais me contaram como a família ficou triste com a morte da minha avó, mas eu trouxe a felicidade de volta à família. As recordações favoritas que o meu pai tinha de mim quando bebê eram …

continue a ler

identity en ja es pt

Sobre Nomes Japoneses

Nome japonês sempre soou esquisito para os ouvidos do brasileiro. Então, o pioneiro não só adotou nome brasileiro para si como também passou a batizar seus filhos com nome de "gaijin". E tem aquela história do issei que registrou o filho como Sugiro porque ouviu de um amigo: - Sugiro Antonio, João ou Carlos -mencionando os nomes mais comuns.

Sigueru Ietsugu, meu amigo, se apresentou ao novo chefe. Disse seu nome, repetiu, em vão.  Então,  o chefe resolveu chamá-lo de Paulo.

Todo nikkei tem uma história engraçada ou constrangedora por causa do seu nome. Além disso, ele já …

continue a ler

identity en ja es pt

Tornando-me Yumi

Eu cresci odiando o meu nome. Eu queria mudá-lo para "Amy". Amy soa bonitinho e soa como nome de gente branca, e eu queria ser ambos. Todos os meus amigos e bonecas Barbie eram brancos, e eu queria ser como eles. Eu me lembro de um sentimento forte aos 7 anos de idade, quando desejei com toda a força que eu pudesse mudar o meu nome. É claro que quando me aproximei dos meus pais com essa ideia, eles caíram na risada.

Eu sou a terceira de quatro filhos na minha família, tendo nascido em um subúrbio de Nova Jersey …

continue a ler

Tags

Brazil california camps culture enka grandparents hapa ichigo ichie identity janm Japan japanese american jobs Mixed names nikkei Nikkei Chronicles Nikkei Names orange county orange county buddhist temple racism Troy Ishikawa World War II writing workshop