Uma conversa com um fazendeiro no Kansas (Inglês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Inglês) Tinha um fazendeiro do meu lado. Eu ainda me lembro dele. Ele estava vestido com um macacão azul e vinha pouco a pouco se aproximando de mim. Finalmente, durante o intervalo no leilão, ele disse: “Com licença. Eu ouvi você falar o idioma [inglês] e eu queria saber como você aprendeu a falar tão bem. De onde você é?” Eu respondi: “De Seattle”. Ele então disse: “Não. De onde os seus pais vieram?” Eu respondi: “Bom, a minha mãe nasceu em Idaho e o meu pai nasceu em Seattle”. Eu entendi o que ele estava perguntando, mas eu decidi que como essas eram perguntas que eu já havia respondido uma meia dúzia de vezes antes daquela conversa, que eu ia dizer a verdade, mas respondendo [exatamente] as perguntas dele. Ele então disse: “Mas qual é a sua etnia?” ou algo do gênero. Eu respondi: “Bom, eu sou japonês, japonês-americano”. E ele disse: “Konnichi wa”. Eu dei uma olhada para ele, e ele disse: “A minha esposa e eu moramos no Japão”. Ele então acrescentou: “A gente comprava essas fotos dessas garotas “gueixis” usando aquelas “roupas de quimonos”. Aí, ele me perguntou: “Você tira fotos assim?” Eu então dei de ombros e disse: “Tiro”. O meu amigo que estava do meu lado estava rindo histericamente. Eu só queria me livrar daquele cara.

Data: 18 e 20 de março de 2003
Localização Geográfica: Washington, Estados Unidos
Interviewer: Alice Ito and Mayumi Tsutakawa
Contributed by: Denshō: The Japanese American Legacy Project.

racism stereotypes

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum


Patrocinador principal: The Nippon Foundation