Crônicas Nikkeis 8 — Heróis Nikkeis: Pioneiros, Modelos e Inspirações

O prazo para o envio de artigos ao Heróis Nikkeis foi encerrado em 30 de setembro. Agradecemos a todos que nos enviaram suas histórias!

Leia as histórias Heróis Nikkeis e ajude-nos a selecionar a favorita da comunidade Nima-kai. >>

* Recebemos relatos sobre dificuldades técnicas na criação de contas para votação. Decidimos estender o prazo de votação para 15 de novembro. Por favor, entre em contato com Editor@DiscoverNikkei.org caso tenha algum problema ao criar sua conta.

A palavra “herói” pode ter significados diferentes para pessoas diferentes. Nas Crônicas Nikkeis 8: Heróis Nikkeis: Pioneiros, Modelos e Inspirações, queremos explorar o conceito do que é um herói nikkei e o que isso quer dizer para cada pessoa. Quem é o seu herói? Qual é a sua história e como ele(a) influenciou a sua identidade nikkei ou a sua conexão com a sua herança cultural nikkei?

Convidamos você a enviar as suas histórias, ensaios e outros textos em prosa. Os sujeitos devem ser nikkeis ou ter um elo significativo com a comunidade nikkei. Cada autor poderá enviar múltiplos textos. O prazo para o recebimento de artigos vai de 1º de maio até às 18h. (horário de Brasília) de 30 de setembro de 2019. Todas as histórias enviadas que atendam às diretrizes e critérios do projeto serão publicadas paulatinamente no Jornal Descubra Nikkei como parte da série “Heróis Nikkeis”.

Para maiores informações, visite 5dn.org/PTherois.

Confira estas outras séries de Crônicas Nikkeis:

#1: ITADAKIMASU! Um Gostinho da Cultura Nikkei 
#2: Nikkei+ ~Histórias sobre Idiomas, Tradições, Gerações & Raças Miscigenadas~
#3: Nomes Nikkeis: Taro, John, Juan, João?
#4: Família Nikkei: Memórias, Tradições e Valores
#5: Nikkei-go: O Idioma da Família, Comunidade e Cultura
#6: Itadakimasu 2! Um Novo Gostinho da Cultura Nikkei
#7: Raízes Nikkeis: Mergulhando no Nosso Patrimônio Cultural

identity en

My Hero: Setsutaro Hasegawa

By the time I was born in the early 1960s, the long shadow of World War Two was starting to fade. The 1950s and ’60s saw wave after wave of immigrants arrive in Australia but almost no Asians or Japanese. The white Australia policy still prevailed and if the colour of my skin was anything to go by it succeeded, however I still had my Japanese name.

My father was born Raymond Taro Hasegawa, son of Leo Takeshi Hasegawa and grandson of Setsutaro Hasegawa (ST Hasegawa), a Japanese immigrant to Australia who had arrived in 1897 prior to federation and ...

continue a ler

community en

Unsung Heroes of the Japanese Canadian Internment

In present day Canada, the high profile Nikkei we hear of so often are people like David Suzuki, Joy Kogawa, Muriel Kitagawa, Thomas Shoyama, Santa Ono, Raymond Moriyama, Art Miki, Mary and Tosh Kitagawa, and athletes like Paul Kariya (hockey), Nathan Hirayama (Rugby 7), Vicky Sunohara (Olympic hockey), Special Olympic skier Brian McKeever and the Hall of Fame Vancouver Asahi baseball team (1914-1941).

From 1942-1949, during the forced relocation from the B.C. coast beyond the 100-mile radius east to various internment camps, who were the unsung heroes? This is my list.

Nikkei Women:

When the federal government of Canada ...

continue a ler