A Sociedade Nikkei nas matas da Amazônia

O autor Toshimi Tsuruta foi como voluntário a Manaus, Amazonas, onde há o maior número de habitantes descendentes de japoneses. No outro lado do mundo, presenciou várias cenas de como os descendentes e imigrantes japoneses herdam ativamente o idioma e a cultura do Japão. Nesta coluna, ele transmitirá acontecimentos interessantes que presenciou no dia-a-dia, nos três anos que esteve lá.

community ja pt

Comemoração do 80º aniversário dos Koutakusei

Dia 12 de agosto de 2010.

- Vocês vieram do Japão? Isso é uma boa chance e por isso devem visitar a Vila Amazônia!

O vice-prefeito de Parintins me deu a oportunidade de visitar a Vila Amazônia, quando estive em Parintins com uma pessoa da JICA pela primeira vez.

Vila Amazônia é o nome da colônia onde os Koutakusei e seus familiares moraram e fizeram o desenvolvimento da Amazônia antigamente.

Dizem que o prédio chamado Hakko Kaikan que foi sede das atividades dos Koutakusei,era realmente parecido com um maravilhoso templo.

Antes de partir para ...

continue a ler

community ja pt

Os descendentes de japoneses em Parintins - Parte  2

Ler Parte 1 >> 

Trabalhei no Brasil como voluntário da Agência de Cooperação Internacional do Japão, a JICA (lê-se ‘djai-ka’), de 2010 a 2013. Uma das minhas atividades era prestar assistência às associações de imigrantes e descendentes de japoneses da Amazônia Ocidental. Por isso, eu viajava constantemente, para diversas cidades. Ajudei em aulas de professores locais com voluntários da JICA e organizei alguns eventos sobre a cultura japonesa. Costumava visitar Rio Branco (Acre), Boa Vista (Roraima) e Porto Velho (Rondônia), capitais de seus respectivos estados, uma vez a cada um ou ...

continue a ler

community ja pt

Os descendentes de japoneses em Parintins - Parte 1

O mundo inteiro é cheio de festas maravilhosas. E mesmo no meio do mato, lá na Amazônia, não seria diferente. A maior delas é o Festival Folclórico de Parintins, também conhecido como Festa do Boi. O festival é realizado anualmente, no mês de junho, em Parintins, a segunda maior cidade do estado do Amazonas, no norte do Brasil.

Parintins tem cerca de 110 mil habitantes e fica num arquipélago fluvial, no Rio Amazonas. São várias pequenas ilhas, totalmente cercadas pelo rio gigante e pela floresta. Por isso, Parintins só é acessível de barco ou de ...

continue a ler

community ja pt

Verduras trazidas pelos imigrantes japoneses – Parte 2

Ler Parte 1 >>

“Eu acho que desde 1960 até 1964 mais ou menos. Quando tinha 13, 14 anos, meu pai e o meu irmão mais velho vendiam verduras e às vezes eu ajudava. Naquele tempo, nós vendíamos nabo, repolho e pepino. Alguns amigos do Sales (como era chamada a colônia de imigrantes Efigênio de Sales) vendiam nigauri (que é um tipo de melão amargo) também. Quando eles vendiam, apresentavam o legume gritando ‘Nigagooori! Nigagooori!’”

“Hahahaha... Naquela época não havia estrada arrumada como hoje, não é? Mas como vocês iam para o centro ...

continue a ler

community ja pt

Verduras trazidas pelos imigrantes japoneses - Parte1

No centro da cidade de Manaus há um ponto turístico muito popular que é o Teatro Amazonas. A parede rosada e o telhado em formato de cúpula decorado com a bandeira brasileira impressionam bastante. Na época de natal, há a apresentação de ópera realizadapor povos locais. Neste dia, cantores da região cantam musicas de natal acompanhados da orquestra dentro do Teatro Amazonas. Todos gostam de assistir as apresentações anuais. Em 2011 tive a oportunidade de assistir junto com a minha esposa. A imagem de Jesus Cristo apareceu sobre a cúpula da casa de ópera. Anjos ...

continue a ler