Tamiko Nimura

Tamiko Nimura é uma escritora sansei/pinay [filipina-americana]. Originalmente do norte da Califórnia, ela atualmente reside na costa noroeste dos Estados Unidos. Seus artigos já foram ou serão publicados no San Francisco ChronicleKartika ReviewThe Seattle Star, Seattlest.com, International Examiner  (Seattle) e no Rafu Shimpo. Além disso, ela escreve para o seu blog Kikugirl.net, e está trabalhando em um projeto literário sobre um manuscrito não publicado de seu pai, o qual descreve seu encarceramento no campo de internamento de Tule Lake [na Califórnia] durante a Segunda Guerra Mundial.

Atualizado em junho de 2012

community en ja es pt

A Festa Que Faz uma Família

O cascalho estala sob as rodas do nosso carro ao entrarmos na garagem da casa da minha tia Nesan. Depois de pararmos o carro, o meu marido Josh e eu removemos o cinto das nossas duas garotinhas no banco de trás. Nós caminhamos até a casa, com cobertores e bichinhos de pelúcia, e eu bato na porta de tela.

“Feliz Ano Novo! Pode entrar!” responde alegremente a minha tia com seus mais de oitenta anos. Depois de abraços e comentários animados (“as meninas estão ficando tão grandes!”), nós perguntamos se poderíamos ...

continue a ler

identity en ja es pt

Crônicas Nikkeis #2 — Nikkei+ ~Histórias sobre Idiomas, Tradições, Gerações & Raças Miscigenadas~

Retratos de um Álbum de uma Nikkei/Filipina

“A sua mãe é filipina?” a mãe de uma amiga me perguntou. Ela também é filipina. Ela sacode a cabeça e sorri, mas não de modo antipático. “Você parece mais japonesa”.

* * * * *

Tanto o meu primeiro nome quanto o meu sobrenome são japoneses. Nenhum dos meus nomes são de uma filipina. Mas aí tem a cor da minha pele, que na costa noroeste do Pacífico [nos E.U.A.] é chamada de “um bom bronzeado”. Eu sei preparar turón, lumpia e adobo. Eu sei fazer uma galinha teriyaki “completa”, usando uma receita de fam ...

continue a ler

food en ja es pt

Crônicas Nikkeis #1 — ITADAKIMASU! Um Gostinho da Cultura Nikkei

Minha Canção “Sukiyaki Log Cabin”*

1.

O comentário no meu blog começa da seguinte forma: “Finalmente achei você e sua irmã”. A comentadora se descreve como uma amiga de infância/juventude do meu pai. Que eu saiba, nós nunca nos encontramos. Mas ela sabe o meu nome e o da minha irmã, dois nomes não muito comuns mesmo no meio nipo-americano. Ela sabe que eu cresci em Roseville, na Califórnia. Ela diz que tem lembranças do meu pai que gostaria de compartilhar comigo.

No começo, eu fico um pouco assustada. Eu consulto todos os nomes da minha ...

continue a ler

culture en

Vashon Island's Japan Festival

August 2019 marks the sixth year that I’ve been writing regularly for Discover Nikkei, and it’s wonderful to see the ongoing work of people, places, and events that I’ve written about before. For example, the City of Auburn, recently updated its efforts to commemorate the Pioneer Cemetery (which I wrote about here), where many Japanese American families are buried. Building on its successful restoration and dedication of the Hori Bathhouse (which I wrote about here), the Neely Mansion Association recently continued its storytelling efforts, honoring the Filipino farmers who also lived at the Neely farm with a ...

continue a ler

war en

An Open Letter In Support of the Tule Lake Resisters, 2019

In July-August 2019, the National Convention of JACL (Japanese American Citizens League) will be meeting in Salt Lake City, Utah. Up for consideration is Resolution 3, “A Resolution of the National Council of the Japanese American Citizens League Relating To Recognition and Apology to Tule Lake Resisters.” An earlier draft of this letter was sent to the National JACL Offices and the authors of the resolution.

Dear members of JACL,

I am a Sansei writing in support of Resolution 3, co-sponsored by the Pacific Northwest and Northern California/Western Nevada District Councils urging a resolution and apology to the Tule ...

continue a ler