Impulsionando o Taiko ao Limite (Inglês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Inglês) O que para mim foi ótimo notar foi que fui inspirado pelo fato de que as pessoas poderiam e incorporaram tudo o que fazia parte de sua educação. Por isso, algumas pessoas tinham incorporado o tambor e tipos de ritmos e técnicas de corneta. Outros pegaram mais instrumentos não tradicionais e os levaram ao Taiko. Quero dizer, batendo em silenciadores e coisas assim. Eles o chamam de Canon. Acontece que nosso Professor Tanaka usa um também. Mas quando eu vi pela primeira vez, foi alucinante. E ouvir todos os diferentes tipos de sons que você poderia extrair dele - muito criativo. Eu vi muito bem a diferença entre os grupos em termos de alguns serem mais tradicionais em oposição a alguns que estavam realmente tentando impulsionar aos limites. E dos dois, eu meio que gosto daqueles que impulsionam aos limites. Minha parte favorita de praticar taiko sempre tem sido o shishimai e produzir histórias diferentes ou maneiras que poderíamos apresentar a dança maia. Essa tem sido minha coisa favorita a fazer, além de tocar fue e shakuhachi

Data: 10 de dezembro de 2004
Localização Geográfica: Califórnia, Estados Unidos
Interviewer: Art Hansen, Sojin Kim
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum

dance music shakuhachi shishimai taiko

Heróis Nikkeis: Pioneiros, Modelos e Inspirações

Leia as histórias Heróis Nikkeis >>

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation