O sofrimento durante a Segunda Guerra Mundial (Espanhol)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Espanhol) Tanto sofrimento, tanta morte, fome—de tudo o pior que possa existir na humanidade. Eu acho que isso é muito positivo, o conhecimento desse sofrimento para os jovens que não têm problemas. Para comer, nós tínhamos problemas naquela época em Nihon [Japão]. Por todo o país havia racionamento de arroz. Em vez de arroz, te davam biscoito—um biscoitinho—ou então te davam feijão ... Ou também podiam dar batata doce em vez de batata. Você tinha que se manter com isso. Não havia sal, não havia açúcar. Sabe como se fazia para comer algo salgado, para fazer sal? Íamos buscar água do mar ... em nihongo [japonês] se diz oke. Oke é uma vasilha de madeira que levávamos no ombro e trazíamos água salgada para podermos obter sal. Açúcar nem se fala, naquela época. Pois então, todas as pessoas—os jovens que tiveram que passar por isso naquela época, eu acho que hoje estão muito bem porque sabem o que é o sofrimento. E a maioria já tem a minha idade ou até mais, e muitos já estão mortos. Naquela época, havia grande diferenças—grandes diferenças—e te digo que também havia muita variação de uma província para outra, já que algumas cidades não foram bombardeadas. A maioria foi bombardeada, mas havia províncias que não foram bombardeadas. Essas tiveram muita sorte.

Data: 18 de setembro de 2006
Localização Geográfica: Buenos Aires, Argentina
Interviewer: Takeshi Nishimura, Ricardo Hokama
Contributed by: Centro Nikkei Argentino

food rations World War II

Heróis Nikkeis: Pioneiros, Modelos e Inspirações

Leia as histórias Heróis Nikkeis >>

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation