O Robô Gigante nunca é uma chatice (Inglês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Inglês) Bem no comecinho, as pessoas que publicavam revistas de maior porte deram uma olhada na nossa revista, e talvez com medo—eu não sei o que eles estavam pensando—mas eles viram o que estávamos fazendo e acharam que era algo totalmente diferente e que não ia funcionar, que a gente ia acabar ficando sem idéias novas. Eu vivia escutando esse tipo de coisa. Era ficavam falando: “Eles não vão conseguir ir adiante. Não vai dar certo”. Recebemos só comentários negativos desse tipo, mas no final das contas a gente conseguiu colocar a revista à venda em lojas pequenas e as pessoas começaram a comprar. Com o passar do tempo, a gente começou a crescer poucou a pouco, e a maioria dessas pessoas que nos descorajaram acabaram fechando as portas dos negócios deles—enquanto que nós ainda estamos aqui.

Eu não quero ... eu não quero soar como se nós fizemos a coisa melhor, mas nós acabamos durando mais tempo. Eu acho que é porque começamos com uma revista menor, com menos expectativas e sem pressão, e porque estávamos nos divertindo e até hoje continuamos a nos divertir com o Robô Gigante (Giant Robot). Eu acho que isso é a chave de tudo. O trabalho nunca é chato.

Data: 27 de novembro de 2005
Localização Geográfica: Califórnia, Estados Unidos
Interviewer: John Esaki and Janice Tanaka
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum

giant robot publications

Este guia vai proporcionar a você as técnicas básicas necessárias para conduzir a sua própria entrevista de história oral

Kizuna 2020: Bondade e solidariedade nikkeis durante a pandemia da COVID-19

Leia as histórias e compartilhe as suas!

Mais do Que um Jogo: Esporte Nikkei

O prazo para o envio de artigos até 31 de outubro.

Leia as histórias Esporte Nikkeis >>

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation