Fazendo contato entre os americanos e os japoneses (Inglês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Inglês) Eu já tinha um trabalho esperando por mim com uma empresa de construção quando … quando eu me formei no colégio técnico. Eu então fui para a sede deles para me apresentar. E naquela mesma vez, eles me disseram, “Você poderia ir para um projeto de construção de uma represa em Shikoku”. Mas meu irmão interveio, dizendo que eu sabia falar inglês e que onde eu estava eu poderia me comunicar com as forças americanas. Então o presidente da empresa, ele gostou de mim e disse, “Ok, você pode ficar aqui”. E eu respondi para ele, eu disse … bom, eu retornei o favor … quer dizer, eu retornei o favor … eu fiz algo pra ele depois. Ele estava procurando trabalho. A empresa de construção tinha escritórios na China, Coréia e Manchúria, e tinha o dever de tomar conta de todos eles e de verificar se estavam sendo bem cuidados. Mas eles não podiam fazer isso com qualquer trabalho. E trabalhos do governo ou dos governos locais eram difíceis de encontrar, de forma que as pessoas estavam com pouco dinheiro.

Mas um dia, eu passei no quartel geral em Tóquio, no quartel do general MacArthur, e eu estava falando com … calhou de eu encontrar um tenente-geral lá. Ele disse, “Senhor” … ele chegou perto e perguntou, “Você está procurando trabalho?” Eles estavam buscando um bom intérprete. Eu disse, “Estou procurando trabalho sim”. Ele disse, “A gente poderia usar você agora mesmo”. “Não”, eu respondi. “Não foi isso o que eu quis dizer. Eu trabalho para uma empresa de construção e eu quero saber se tem algum tipo de trabalho que o exército quer que seja feito. Naquela época, tinha um coronel, o tenente-coronel do quartel central, que estava supervisando a construção de uma pista … uma pista de pouso numa cidade chamada Toyooka que … que fica onde o exército japonês tinha sua escola militar de pilotos de avião. Eles tinham um terreno lá, mas a pista era de grama e os americanos queriam uma pista de concreto. E eles estavam procurando por alguém para construir a pista para eles. Como eu não sabia nada sobre a empresa, nada sobre o trabalho em si, eu disse para ele … eu disse, “Você pode esperar até amanhã?” Eu disse, “Eu vou trazer um montão de engenheiros que vão te dar todas as respostas”.

Então, no dia seguinte eu fui … depois que eu corri de volta para a sede e falei com o presidente, ele organizou tudo. “Chama ele de onde ele estiver”, “Chama ele de onde ele estiver”, “chama ele, chama ele de onde ele estiver”. Em um dia eles estavam todos lá, e nós fomos para … nós fomos para o quartel geral juntos. E no final, eles quiseram construir uma pista de pouso … uma pista de pouso nesta ex-escola militar para pilotos em Toyooka.

Data: 29 de octubro de 2005
Localização Geográfica: Toronto, Canadá
Interviewer: Norm Ibuki
Contributed by: Sedai, the Japanese Canadian Legacy Project, Japanese Canadian Cultural Center

business construction Post-World War II

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation