As privações de viver no pós-guerra do Japão, 1952 (Inglês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Inglês) Na primeira vez que nós fomos ao Japão – nós nos casamos e fomos para o Japão – depois de dois dias eu tive que ir para o campo. E de Tóquio, eu peguei um trem que levou 26 horas para chegar em um lugar chamado Miyasaki, onde o [time de beisebol] Giants treinavam.

E a Jane ficou em Tóquio completamente sozinha. Por 40 dias, ela ficou em Tóquio sozinha. Naquela época ... Se fosse hoje em dia, seria tudo bem porque você tem bons hotéis e tudo o mais. Quando nós chegamos lá na primeira vez, nós chegamos em 52; eles não tinham esses tipos de hotéis. Eles não tinham comida como hoje em dia. Muitas vezes, nem legumes, sabe – saladas, verduras – nós não podíamos comer essas coisas porque todas as saladas naquela época, as verduras, eles faziam com [?]. É claro, ninguém vai querer comer esse tipo de coisa. Então tivemos que nos virar da melhor maneira possível.

No primeiro ano mesmo, ela engravidou no verão. A gente não tinha como escapar do calor porque não tínhamos dinheiro para comprar um ar condicionado. Então eu tinha que sair e comprar um bloco de gelo, pegar uma panela, colocá-la do lado da cama, e ligar um ventilador bem em cima do gelo para refrescar o aposento. Mas em meia hora o gelo já estava todo derretido. E no inverno era tão frio, e nós não tínhamos aquecimento.

Data: 16 de dezembro de 2003
Localização Geográfica: Havaí, Estados Unidos
Interviewer: Art Hansen, John Esaki
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum.

baseball Japan

Heróis Nikkeis: Pioneiros, Modelos e Inspirações

Leia as histórias Heróis Nikkeis >>

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation