Os interrogatórios do avô durante a Segunda Guerra Mundial (Inglês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Inglês) Era muito claro para mim que a maior parte do encarceramento era pela economia. Ele era um líder de negócios e a coisa de [ser] Kibei era uma grande parte disso, o fato de ele ter sido educado lá. Eu acho que havia também alguma confusão se ele era Issei ou Nisei por causa disso, ao voltar do Japão para o Havaí, porque depois de Sand Island (e ele passou várias semanas lá), eles o enviaram em uma excursão pelos centros de Interrogatório do Exército dos EUA. Eu acho que ele foi para Wisconsin, Louisiana, algum lugar no Arizona, antes de voltar para o Havaí.

Ninguém nunca disse nada sobre isso, a única coisa que eu lembro da minha avó dizer foi que ele voltou cerca de 10 quilos mais magro do que quando saiu. E novamente aconteceram interrogatórios. Tenho certeza de que eles o acordaram no meio da noite, inteira, tentando descobrir algo, algum laço com o Japão. De qualquer forma, quando ele voltou ao Havaí mais tarde no ano de 42, provavelmente outubro / novembro, ele contou para a minha avó que "com certeza eles vão me mandar de volta para um desses campos de concentração porque ainda me consideram uma ameaça".

Data: 25 de abril de 2018
Localização Geográfica: Califórnia, Estados Unidos
Interviewer: John Esaki
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum

camps economics hawaii incarceration interrogation Japan kibei

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation