Depois de cumprir o segundo contrato de três anos foi novamente para os EUA (Japonês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Japonês) Havia um sindicato de cozinheiros do Japão chamado “Sanchokai”, de onde me tornei membro. E fui praticando, indo trabalhar em diversos lugares: “Hoje vá naquele lugar”, “Está faltando gente lá”. Era como se fosse uma agência de empregos e eu ia trabalhar em diversos lugares, tanto na capital como também fora da província. Nesse ínterim, fizeram-me o convite: “Ei, Toyoshima. Você não quer ir para os Estados Unidos, tem um serviço assim, assim”.

Antes disso, parece que os meus colegas antecessores começaram a ir para lá a partir de 1968 e, em 1973, quando eu estava com 25 anos de idade, eles estavam procurando alguém para a terceira leva e me perguntaram: “Tem vaga em Los Angeles, não quer ir?” e eu acabei vindo para cá. Dois anos, depois passou para três, minha expectativa era que fosse árduo, mas por trabalhar pela cidade, achei que Los Angeles era uma cidade antiga, com poucos restaurantes de sushi. Na época fiquei no “Tokyo Kaikan” por três anos.

Após cumprir o contrato, voltei uma vez ao Japão. Nem bem passou um ano, veio a oferta para trabalhar novamente no “Tokyo Kaikan” e assinei contrato para mais três anos.

Esse contrato era parecido ao que é atualmente o contrato dos jogadores de beisebol que vêm para cá; tenho saudades relembrando como nós também viemos aos EUA.

Data: 16 de abril de 2016
Localização Geográfica: Califórnia, Estados Unidos
Interviewer: Mistue Watanabe
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum

contract Los Angeles sushi chef

Kizuna 2020: Bondade e solidariedade nikkeis durante a pandemia da COVID-19

Leia as histórias e compartilhe as suas!

Mais do Que um Jogo: Esporte Nikkei

Leia as histórias Esporte Nikkeis >>

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation