As mudanças que ocorreram na comunidade em consequência da crise financeira de 2008 (Japonês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Japonês) A partir de 1989, quando eu cheguei aqui, o número de brasileiros foi aumentando aos poucos e, por volta de 1993, de nisseis também, mas nessa comunidade – vamos dizer – bastante numerosa, eu tive impressão que entre os brasileiros e a população local havia uma grande barreira. Não que os dois lados procurassem manter distância um do outro, mas não sabiam como se aproximar, se conhecerem melhor... Não havia motivo para essa aproximação, também não sentiam necessidade disso. Tanto para os brasileiros como para os japoneses, de maneira inconsciente, nada aconteceu para haver mudança.

Mas depois da crise financeira de 2008, eu acho que mudou muito sob o aspecto econômico. Por um lado, os brasileiros se esforçaram para estudar mais japonês e, assim, conseguir atrair mais clientes japoneses para suas lojas e, por sua vez, os lojistas locais acharam que deviam atrair mais clientes brasileiros. Começaram a trabalhar nesse sentido e logo começou a ter inscrições em japonês nas lojas brasileiras e em português nas lojas japonesas, as bandeiras dos dois países enfeitando a fachada e eu achei isto tudo muito agradável.

De maneira geral, se comparar com o passado, houve mudança, sim. Por isso, existe dentro de mim um forte sentimento de que temos que fortalecer ainda mais os laços que unem nossa comunidade.

Data: 18 de outubro de 2018
Localização Geográfica: Gunma, Japão
Interviewer: Shigeru Kojima
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum

Bankruptcy of Lehman Brothers Brazilians community nikkei in japan Oizumi

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation