Carreira de barbeiro do pai no pós-guerra (Inglês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Inglês) Após a guerra, meu pai se estabeleceu como barbeiro. Enquanto no campo de concentração, ele sentiu, talvez que devesse tentar algum tipo de comércio. E assim ele aprendeu barbearia no campo de concentração. E então ele deixou o campo de concentração antes de nós. Voltou para San Francisco e frequentou a escola de barbearia, conseguiu seu diploma e em seguida, ele estava, agora ele estava pronto para fazer estágio e então, voltamos cerca de um mês antes do Dia V-J [Victory over Japan Day – dia da vitória  sobre o Japão].

E felizmente, tínhamos uma casa para voltar e tudo estava muito bonito do mesmo jeito que quando saímos. E meu pai estava fazendo agora estágio em barbearia para uma barbearia que tinha aberto. Roy Abe, e era seu aprendiz. E então, depois de ter cumprido uma quantidade de tempo adequada como aprendiz, ele abriu o Nisei Barber Shop no mesmo local, onde existiu uma loja de doces.

Ele costumava fazer o corte de cabelo em mim em formato de tigela. E é claro, quando voltei e os caras estavam usando o cabelo mais longo e tudo aquilo, costumava temer que meu pai cortasse meu cabelo, porque sabia que estava indo ficar com um corte que geraria comentários. Mas sobrevivi a isso.

Foi meio engraçado, porque na época, eu estava contando ao meu pai que queria tornar-me um animador e ir para Los Angeles e trabalhar nos estúdios. Mas ele disse: “Você também deve ir à escola de barbearia e conseguir um diploma ou uma licença, assim você terá algo a recorrer.”

Data: 26 de agosto de 2015
Localização Geográfica: Califórnia, Estados Unidos
Interviewer: John Esaki
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum

Barber father post-war san francisco

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation