Como conheci o meu marido (Japonês)

Quatro irmãs que se casaram com estrangeiros (Japonês) Amor filial (Japonês) De como fomos discriminados em San Francisco (Japonês) Saudades de casa (Japonês) Os filhos e a língua japonesa (Japonês) Arrependimento (Japonês) Como conheci o meu marido (Japonês) Como as pessoas veem o casamento com um não caucasiano (Japonês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Japonês) Às vezes ele ficava me esperando na estação. Eu não gostava de ser vista com um americano, ainda por cima, negro. De modo que todos notam. Eu ficava embaraçada: “O que eu faço?”. E ele se oferecia para me acompanhar. Eu tinha vergonha que todos me vissem, então, em vez de ficar conversando ali, preferi que ele fosse me levar até em casa. E assim, aos poucos, fui gostando dele.

Se alguém diz “Gosto de você”, “Eu te amo”, claro que a gente gosta. Eu não pensava em namorar nem casar com ele. Mas ele falou para meus pais que queria casar, eles foram contra dizendo que eu era jovem e não sabia cozinhar. Mas então eu comecei a sair com ele e acabei me casando.

Data: 17 de setembro de 2014
Localização Geográfica: Califórnia, Estados Unidos
Interviewer: Izumi Tanaka
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum

international marriage marriage war bride

Kizuna 2020: Bondade e solidariedade nikkeis durante a pandemia da COVID-19

Leia as histórias e compartilhe as suas!

Mais do Que um Jogo: Esporte Nikkei

O prazo para o envio de artigos até 31 de outubro.

Leia as histórias Esporte Nikkeis >>

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation