Fotografando o movimento (Inglês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Inglês) Agora, em termos de mim mesmo e das fotos que tirei do movimento, em retrospecto, olhando para o passado, acho que foi o melhor trabalho que fiz, foi do povo. Porque eu queria, adorei. Eu amei o Delta. Foi lindo para mim. Era como se a terra que conhecia estivesse crescendo. E havia uma espécie de integridade visual em tudo. O solo, as barracas dos lavradores do cultivo em conjunto, que não pareciam construídas pelo homem, mas como tipo de extensões da estrutura ecológica. E as próprias pessoas. Elas pareciam ter crescido a partir do solo. E eu queria prestar homenagem àquela vida. À sua coragem, à sua sabedoria. Eles foram os heróis. Eles nos alimentaram, eles nos alojaram. Eles nos protegeram. Eles foram votar. Todos esses pequenos atos simples poderiam ter custado seus empregos, seus meios de subsistência. Suas terras. Suas famílias. E suas próprias vidas. Nota a quantidade de coragem necessária para que fizessem isso? Porque éramos agitadores de fora em certo sentido. Nós não estávamos indo embora, mas, essencialmente, éramos estranhos. E nós podíamos e de fato voltamos para nossas próprias vidas. Mas seus Mississippianos. Essa era a sua realidade. Eles tinham que ficar lá e pagar suas dívidas. Eles tinham que enfrentar a incrível violência que é o Mississippi.

Então eu tive um grande momento. Quero dizer, amei minhas imagens da vida no Delta. Algumas comunidades ao redor do SNCC. Do sudoeste da Geórgia. Eu amei as crianças pequenas que estavam brincando de Superman. Eu amei o rosto radiante da mulher lavradora. Quero dizer, ela era linda. Eu amo a imagem desse cara com essa panela. E ele está apenas olhando para elas. Eu amo a imagem desse cara espiando e dizendo: "O que é liberdade? Liberdade agora. O que é isso?" Analisando. Ou o porco matando o tempo no Delta. Bonito. Belas imagens. Assim, minhas imagens são realmente mais do que isso. Eu fotografei o movimento. Eu fotografo as pessoas nesse grande drama. Mas, realmente, a essência do meu trabalho é com isso, com as pessoas.

Data: 9 de fevereiro de 2011
Localização Geográfica: Califórnia, Estados Unidos
Interviewer: Patricia Wakida, John Esaki
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum

civil rights movement photography

Heróis Nikkeis: Pioneiros, Modelos e Inspirações

Leia as histórias Heróis Nikkeis >>

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation