Obtendo um Nome em Inglês (Inglês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Inglês) Sim, quero dizer, eu era... Não conseguiam... Meu nome era Teruaki e não conseguiam pronunciar o meu nome, a... A professora americana, sabe? E ela dizia: "Terry", "Truey" ,"Terry..ah", "Terry-eiki" e eu dizia que não, é "Te-ru-a-ki". "Teru - Teruaki", "Não. Você tem que ter um nome americano", sabe. E isso circulou por todas essas escolas em que nomes japoneses não eram usados. Eles... Eles têm que ter um nome americano, sabe. Ou um nome em inglês. Então, meu irmão estava do outro lado deste campo de concentração em uma escola. Quero dizer, era tudo em uma área - escola. Porque ele tinha dois anos a mais que eu. Ele... Ele passou pela mesma coisa.

Então eu... Eu escolhi “Jimmy” porque... Algum personagem de quadrinhos que conheci, sabe. E meu irmão escolheu “James” porque ele decidiu por intuição que era um bom nome. Então voltamos para casa e ainda conhecidos como Teru e Jun. E assim, eu nunca, nós nunca seguimos por nossos nomes americanos. Todo o caminho através do campo de concentração, saindo do campo, mesmo na escola primária - eu estava em uma escola diferente na sexta série, meu irmão estava no colégio – e ele estava usando “James” e eu usava “Jimmy”. Sabe, a única vez que descobri...

Quando nos mudamos para a escola e fui chamado anteriormente... Porque eu estava brigando e estava chutando portas e tudo mais. Então, eu era chamado para a sala do diretor com bastante frequência. E uma vez, meu irmão estava lá e foi chamado de James. "O Jimmy poderia vir para a sala do diretor?". E então nós dois nos levantamos e perguntei a ele o que estava fazendo e ele não sabia. E então percebi... Então ouvi que ele tinha meio que o mesmo nome, mas éramos tão ignorantes que “James” e “Jimmy” eram dois sons diferentes. Mas nunca os relacionamos juntos. Então eu, então eu disse: “Espere um minuto, talvez seja o mesmo nome”, sabe. E minha mãe e meu pai não sabiam. Mesmo que nós, mesmo que nós realmente descobríssemos, eles achariam que era um nome diferente. Poderia ser “John” e “Jimmy”, sabe? Que seja, então basicamente nós mantivemos, porque nunca pensei que eu ia... Eu queria voltar para o Japão de qualquer maneira. Então pensei, sabe, [o nome] “Jimmy” será desprezado quando eu for morar no Japão.

Data: 29 de junho de 2012
Localização Geográfica: Califórnia, Estados Unidos
Interviewer: Chris Komai, John Esaki
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum

names

Este guia vai proporcionar a você as técnicas básicas necessárias para conduzir a sua própria entrevista de história oral

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation