Crescendo "Americano" (Inglês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Inglês) Quero dizer, bem, assim que começamos [a frequentar] a escola, eu era um americano. Eu era... Fizemos o juramento de fidelidade à bandeira e tudo era americano. Bem, quero dizer, a parte obviamente japonesa disso era principalmente o lado do meu pai. Costumávamos ir à igreja em San Jose e aquela era nossa religião. Mas nós éramos... Mesmo que fosse uma comunidade isolada e morando em uma fazenda sozinhos... Éramos americanos, sim. E fiz amigos na escola primária. E nós, sabe, nunca meio que fizemos algo juntos, porque eu estava sempre trabalhando.

Mas, sim, isso foi quando eu estava em Sacramento... A única vez que senti que eu não era americano foi quando fui para Sacramento. E foi muito mais um preconceito ou uma discriminação. Sabe, foi realmente muito estranho, pensei então. Eu me senti estranho, porque nasci lá e... Bem, eu não parecia com os americanos, então sabia que eu era diferente, sabe. Mas sendo... Tendo que se misturar com essa comunidade, você chegaria a sentir que foi aceito. Já que havia comunidades negras e mexicanas, e tudo mais, sabe. Mas éramos de repente completos estranhos. Nós éramos estrangeiros, sabe. 

Data: 29 de junho de 2012
Localização Geográfica: Califórnia, Estados Unidos
Interviewer: Chris Komai, John Esaki
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum

Americans identity

Heróis Nikkeis: Pioneiros, Modelos e Inspirações

O prazo para o envio de artigos até 30 de setembro.

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation