Prisão (Inglês)

Transcrições disponíveis nas seguintes línguas:

(Inglês) O que você quer ouvir, ouvir um pouco sobre a prisão? Bem, [limpa a garganta], tínhamos ainda 30 dias em quarentena primeiramente, onde eles nos davam todos os tipos de exames, foi a primeira vez que fui picado no bumbum e quase saltei. E eles nos deram testes de QI e estavam surpresos com o alto QI de todos os nisseis lá. A maioria deles era de Midwest e provavelmente não tinham muita educação, sabe, então seu QI era realmente baixo.

Depois que fomos presos lá, podíamos escolher por algum trabalho de prisão que tivesse vaga. Eu trabalhei no escritório de liberdade condicional por um tempo. Arquivos disponíveis [inaudível] dos diferentes prisioneiros, havia um monte de prisões militares lá, principalmente da Europa. E muitos deles estavam lá por estupro e todo tipo de atividades sexuais contra as meninas francesas, meninas de outros países que estavam lá; em seguida, depois de trabalhar lá por um tempo, fui transferido para a loja de placas, onde faziam placas de metal, baldes e coisas desse tipo. Poderia muito bem aprender uma profissão [risos].

Data: 9 de maio de 2006
Localização Geográfica: Califórnia, Estados Unidos
Interviewer: Lisa Itagaki
Contributed by: Watase Media Arts Center, Japanese American National Museum

civil rights prison

Receba novidades

Cadastre-se para novidades por e-mail

Journal feed
Events feed
Comments feed

Apoie o projeto

Descubra Nikkei

O site Descubra Nikkei é um lugar once você pode se conectar com outras pessoas e assim participar nas experiências dos nikkeis. Para continuar a manter e expandir este projeto, nós precisamos da sua ajuda!

Maneiras de ajudar >>

Projeto do Japanese American National Museum

Patrocinador principal: The Nippon Foundation