Elija un idioma principal para aprovechar al máximo nuestras páginas de la sección Artículos:
English 日本語 Español Português

Hemos realizado muchas mejoras en las páginas de la sección Artículos. ¡Por favor, envíe sus comentarios a editor@DiscoverNikkei.org!

Publicações sobre nipo-brasileiros: Haine

Escolhi esse tema com uma finalidade muito singela. Minha atividade cotidiana, há muitos anos, está ligada à Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social (Bunkyo), e frequentemente tenho acesso às mais diferentes publicações relacionadas à história da imigração japonesa no Brasil.

Algumas são realizadas por editoras (famosas ou não); outras, por anônimos autores que enfocam suas trajetórias pessoais e/ou familiares; outras por grupos que contam sobre a evolução de suas entidades e/ou atividades.

Algumas adotam metodologias científicas; outras, não. Independente desse juízo de valores, acredito no valor intrínseco de cada uma delas enquanto testemunha de uma história que pode ser contada a partir de diferentes ângulos e sentimentos.

Espero poder contribuir para propagar o resultado do esforço desses autores, bem como, oferecer informações aos interessados em temas sobre a trajetória dos imigrantes japoneses e seus descendentes no Brasil.

Cem anos de expansão da comunidade nikkei

“Raízes que alastram”. Com essa tradução é possível apreender o significado do título “Haine”, escolhido para a publicação que soma quase 1.000 páginas divididas em dois volumes, lançada em 23 de junho de 2008, em comemoração ao Centenário da Imigração Japonesa.

“Haine”, com o subtítulo “Expansão da Comunidade Nikkei nos 100 anos de Presença no Brasil”, é de autoria dos jornalistas Maria Helena Uyeda e Cláudio Seto e dos pesquisadores da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) Kaizô Beltrão e Sonoe Sugahara.

Os 100 anos de imigração japonesa no Brasil foram divididos, basicamente, em décadas. E, estas, identificadas por determinados termos (em português e japonês) capazes de adjetivar as características desse período. “Atitude” foi usada para o período pré-imigratório, “Sonho” para a época de 1908-1920, “Esperança” para os anos de 1921 até 1930. E, assim sucessivamente: Determinação, Lealdade, Coragem, Estudo, Confiança, Respeito, Trabalho, terminando em “Gratidão”, para 2000/2008.

Em cada um desses capítulos, os autores vão pinçando os acontecimentos marcantes em diferentes anos e localidades do Brasil, baseando-se numa extensa pesquisa envolvendo livros, revistas, jornais, sites, entre outras fontes, em língua japonesa e portuguesa. As notícias, algumas chegam a ocupar a página inteira, outras, algumas linhas, acompanhadas (ou não) de fotografias.

O ineditismo dessa obra, sem dúvida, está na pesquisa realizada junto aos dados fornecidos pelos censos do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas), no período de 1872 até 2000, para traçar o perfil da população de origem japonesa no Brasil. Além das análises demográficas a partir da década de 1960, o segundo volume traz o capítulo “A presença nikkei no Brasil através dos censos”, com informações detalhadas desse perfil tendo como principais itens a renda, educação e tipo de atividades. Acompanha a publicação um CD com planilhas complementares.

“Haine” foi publicada pela Associação Brasileira de Dekassegui (www.abdnet.org.br) e Associação Cultural e Beneficente Nipo-Brasileira de Curitiba (www.bunkyocuritiba.com.br), ambas localizadas em Curitiba – Paraná, e foi patrocinada pelo Banco Real.

© 2009 Célia Abe Oi